Três unidades de educação infantil e uma escola da rede municipal de Florianópolis não puderam receber as crianças na manhã desta segunda-feira (28) por falta de abastecimento de gás para os trabalhos da cozinha, em função da greve dos caminhoneiros.

A escolas afetadas são a Almirante Lucas Alexandre Boiteux, no Centro; a Joel Rogério de Freitas, no Monte Cristo; a Escola Básica José Amaro Cordeiro e o Núcleo de Educação Infantil ligada à ela, no Morro das Pedras. No total, 892 crianças ficaram sem aulas.

A Secretaria de Educação de Florianópolis, informou que conseguiu intermediar a entrega de produtos alimentícios para os estabelecimentos de ensino. A previsão é de que os pães cheguem e os hortifrutigranjeiros cheguem incompletos, pois há cargas que ainda não estão em solo catarinense. Não há previsão de entrega de frango.

A secretaria informou ainda que está buscando uma alternativa para que não falte gás nas unidades.

Quer receber as notícias no WhatsApp? 

Região de Florianópolis. Clique aqui

Região de Joinville. Clique aqui

Região de Jaraguá do Sul. Clique aqui