Os sambaquis são sítios arqueológicos, formados por populações que habitaram o litoral do Brasil na pré-história. São pequenas colinas construídas com conchas de moluscos, ossos de animais e cinzas de fogueiras. Têm forma oval e suas dimensões variam de cerca de 40 centímetros a 15 metros de altura.

 

 

A origem tupi da palavra "sambaqui" significa "amontoado de conchas". Os arqueólogos calculam que existam milhares de sambaquis espalhados pela costa do país, de acordo com a revista Superinteressante.

Mas você sabe quantos sambaquis existem em Joinville?

São 43 sambaquis na cidade, de acordo com o relatório Joinville Cidade em Dados 2019. Eles são parte do patrimônio cultural de Joinville.

Saiba quais são eles e onde ficam

  • Cubatão I - Fazenda Trevo, próximo à Marina das Garças
  • Cubatão II - Fazenda Trevo, próximo à Marina das Garças
  • Cubatão III - Fazenda Trevo, próximo à Marina das Garças
  • Cubatão IV - Fazenda Trevo, próximo à Marina das Garças
  • Cubatãozinho - Lateral da Estrada João de Souza Mello Alvim (Estrada da Vigorelli)
  • Espinheiros I - Ao norte da Lagoa do Saguaçu, próximo ao Canal do Varador, Bairro
    Comasa
  • Espinheiros II - Entre as Ruas Baltazar Buschle e Antonio Mazolli, Bairro Espinheiros
  • Gravatá - Sudoeste da Ilha dos Espinheiros
  • Guanabara I - Rua Teresópolis, Bairro Guanabara
  • Guanabara II - Rua Japurá, esquina com Rua Araguaia, Bairro Guanabara
  • Ilha do Gado I - Norte da Ilha do Gado
  • Ilha do Gado II - Norte da Ilha do Gado
  • Ilha do Gado III - Norte da Ilha do Gado
  • Ilha do Gado IV - Sudoeste da Ilha do Gado
  • Ilha dos Espinheiros I - Ilha dos Espinheiros, lateral da Rua Baltazar Buschle pouco após o
    trevo da Rua Severino Gretter
  • Ilha dos Espinheiros II - Rua Baltazar Buschle, ao lado do Iate Clube de Joinville
  • Ilha dos Espinheiros III - Norte da Ilha dos Espinheiros, margem da Lagoa do Varador
  • Ilha dos Espinheiros IV - Final da Rua Severino Gretter, Ilha dos Espinheiros
  • Iririuguaçú - À margem direita do Rio Iririuguaçú ou Rio do Ferro, acesso pela Av.
    Santos Dumont
  • Lagoa do Saguaçu - Parque Ambiental Caieiras
  • Morro do Amaral I - Margens do Rio Riacho (ou Buguaçu)
  • Morro do Amaral II - Sudeste do Morro do Amaral
  • Morro do Amaral III - Noroeste da Ilha do Amaral (Parque Morro do Amaral)
  • Morro do Amaral IV - Noroeste do Parque Morro do Amaral
  • Morro do Ouro - Rua Graciosa, ao lado da Ponte do Trabalhador, Bairro Guanabara
  • Ponta das Palmas - Canal do Palmital, ao norte da foz do Rio Cubatão
  • Ribeirão do Cubatão - Lateral da Estrada Ribeirão do Cubatão
  • Rio Bucuriúma - Margem direita do Rio Bucuriúma
  • Rio Comprido - Rua Ponte Serrada, Bairro Comasa
  • Rio das Ostras - Margem esquerda do Rio das Ostras
  • Rio Fagundes - Margem esquerda do Rio Fagundes
  • Rio Ferreira - Próximo à margem esquerda do Rio Ferreira
  • Rio Pirabeiraba - Margem direita do Rio Pirabeiraba
  • Rio Riacho - Bairro Paranaguamirim
  • Rio Sambaqui - Margem direita do Rio Sambaqui
  • Rio Velho I - Margem direita do Rio Velho, 350 metros da confluência com o Rio
    Santinho
  • Rio Velho II - Margem esquerda do Rio Velho, aproximadamente 950 m ao sul da
    confluência com o Rio Santinho
  • Rua Guaíra - Final da Rua Guaíra, bairro Aventureiro
  • Tiburtius - Margem direita do Rio Sambaqui
  • Paranaguamirim II - No sul do município de Joinville, às margens da Rodovia Municipal do
    Paranaguamirim
  • Paranaguamirim I - Na margem direita do rio Paranaguamirim, já no município de Araquari
  • Fazendinha - Nordeste da Ilha do Mel (região próxima a Joinville)
  • Itacoara (Sambaqui Fluvial) - Rio Piraí

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger