Em nota emitida e assinada na última sexta-feira, 17, pelo presidente estadual do PSL, deputado federal Fábio Schiochet, o partido destaca que não teve acesso ao Boletim de Ocorrência em desfavor do deputado federal Daniel Freitas, onde sua esposa realizou um Boletim de Ocorrência por conta de violência doméstica contra ela.

Na nota, o Schiochet destaca que defende a apuração completa do caso, até que os fatos sejam esclarecidos.