Um protesto está sendo organizado para esta quarta-feira, 20, às 10h30, em frente ao Palácio da Agronômica em Florianópolis, pedindo a retomada das atividades do Cursos Livres de educação profissional no estado.

De acordo com os organizadores, "Os cursos livres de educação profissional estão presentes na vida de milhares de brasileiros em todas as classes sociais, de todas as faixas etárias, em todo o território nacional, sendo responsável pela geração de milhares de empregos e pelo fomento da economia local e regional à medida em que favorece a criação de pequenos negócios", ressalta o documento de argumentação.

O documento traz ainda que, esta modalidade educacional possui íntima relação com a educação regular de nível fundamental, médio ou superior, porém dela se diferencia profundamente nos aspectos legais, de público, nas condições de oferta e no perfil dos estudantes. São diferenças que incluem menor número de alunos por período, uso de laboratórios com espaços mais amplos e mais flexibilidade quanto a carga horária e escolha de períodos para os estudos.