A partir do segundo semestre de agosto, o Programa de Jornada Ampliada Escolar (Projae), localizado no bairro Tereza Cristina, em Criciúma, inicia com atividades presenciais com os alunos das escolas municipais. Inaugurada desde junho do ano passado, é a primeira vez que a sede recebe os estudantes para as atividades.

Neste primeiro momento, a sede vai receber 20 alunos por modalidade, que são basquete, vôlei, futsal, tênis de mesa e xadrez. O número é devido à pandemia de coronavírus e para respeitar as regras sanitárias. “A sede vai atender as cinco escolas próximas, as escolas Pascoal Meller, Jairo Luiz Thomazi, Linus João Rech, Eliza Sampaio Rovaris e a Érico Nonnenmacher”, explicou o coordenador do Projae, Fábio Bittencourt.

O espaço possui salas de danças, lutas, tênis de mesa, sala para xadrez, além de ginásio de esportes, auditório e sala de formação. A sede atenderá as escolas perto do perímetro, mas não impedindo que outras unidades possam visitar o ambiente. O programa continua ocorrendo nas demais escolas atendidas. O público-alvo são os alunos entre 3º e 9º ano.

“Este projeto é o orgulho da Secretaria Municipal de Educação. É uma alegria para todos saber, que logo, os primeiros alunos poderão usar o espaço de forma presencial. Vamos respeitar todas as medidas sanitárias para deixar a sede segura para os nossos estudantes”, frisou o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim.

Retorno das atividades nas escolas

Além do retorno na sede, o programa também retorna em 27 escolas municipais. No mesmo modelo e modalidades que ocorrerão no Projae. As atividades também retornam no segundo semestre de agosto.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp