Os trabalhos realizados no Centro de Reabilitação Pós-Covid de Criciúma foram apresentados ontem na Tribuna Livre do Legislativo. Estiveram presentes, a convite do vereador Nícola Martins (PSDB), o médico responsável Luiz Carlos Fontana e a professora de Educação Física Camila Rodrigues.

Conforme o médico, o tratamento no local dura, em média, seis semanas.

“Nós buscamos, desde o início, ser um local confortável para o paciente. Quando ele chega com um problema, a gente já faz o acolhimento. Nossa equipe é muito unida e buscamos sempre fazer com que os pacientes sejam bem assistidos”, afirmou Fontana.

“A gente conseguiu ser referência com o nosso projeto, outros estados já pediram informações e se basearam no nosso Centro de Reabilitação”, finalizou.

“Nós temos esse olhar integral da recuperação dos pacientes. As pessoas não tinham noção do quanto podem ser saudáveis”, afirmou Camila.

“Lá eles conseguem ter ganhos simples como amarrar o sapato, pentear o cabelo. São conquistas pequenas para quem está de fora, mas para aquela pessoa é importante”, acrescentou.

Conforme o vereador proponente, foi um espaço para os profissionais mostrarem os trabalhos realizados no local.

“É importante que os vereadores conheçam ainda mais tudo o que é desenvolvido no Centro de Reabilitação, um trabalho exemplar, reconhecido no país e no mundo”, destacou Nícola.