Não resistiu às complicações causadas pela Covid-19, a professora da Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc), Suzana Lemos Rocha, de 27 anos.

Ela estava internada desde 26 de junho e veio a óbito ontem. A professora lecionava na Afasc Irmã Emília, no Rio Maina. Moradora do bairro Catarinense, Suzana ganhou bebê assim que foi internada. A criança passa bem e está com familiares.

Nesta quinta foi registrado ainda o óbito de um homem de 73 anos. Criciúma soma 637 mortes por conta da pandemia.