Até a próxima segunda-feira (10), a Secretaria da Saúde de Joinville (SES) prossegue com a vacinação contra a gripe direcionada ao grupo prioritário.

Essa etapa inclui crianças a partir de 6 meses e menores de 6 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram bebê há menos de 45 dias) e profissionais da saúde.

Faltando poucos dias para finalizar esta primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, a cobertura vacinal em Joinville está baixa.

Do total de aproximadamente 63,7 mil pessoas que formam esses grupos, apenas 30,5% das crianças foram imunizadas. Entre as gestantes, 33,1%, puérperas, 29,4% e profissionais da saúde, 10,4%.

Importância

A Secretaria da Saúde reforça a importância da imunização contra a gripe, já que a vacina protege contra três subtipos do vírus: influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e influenza B.

O objetivo é reduzir os sintomas graves da doença e possíveis óbitos, o que é ainda mais importante durante a pandemia, para evitar mais hospitalizações.

A vacinação contra a gripe está sendo realizada paralelamente à imunização da Covid-19. Entretanto, é fundamental respeitar o período de pelo menos 14 dias entre a aplicação de um imunizante e outro.

Onde se vacinar

As pessoas pertencentes aos grupos prioritários podem se dirigir às Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) ou à Sala de Vacinação da Vigilância em Saúde, que fica na rua Abdon Batista, 172, Centro.

No site da Prefeitura de Joinville (bit.ly/UBSFJoinville) é possível encontrar os endereços e horários de funcionamento das UBSFs. Profissionais da saúde devem apresentar crachá, holerite ou declaração que comprove sua atuação na área.

Não é necessário realizar agendamento para receber a vacina contra a gripe, mas é necessário respeitar a utilização de máscara de proteção e a manutenção do distanciamento social nos locais de vacinação.