Para quem busca colocar a vida financeira em dia, o Procon Brasil e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), com apoio do Procon Joinville, realizam um mutirão online de renegociação de dívidas. Até o dia 20 de setembro, os consumidores podem renegociar seus saldos devedores no site ou no aplicativo consumidor.gov.br (disponível para iOS ou Android).

Os interessados em renegociar seus saldos devedores podem se cadastrar na plataforma e registrar uma reclamação para a instituição com a qual possuem pendências. As instituições financeiras participantes são bancos, financeiras e administradoras de cartão de crédito.

O Procon de Joinville informa que, apenas para usuários que não tenham acesso à internet, o acesso ao site poderá ser realizado com o auxílio do Procon Joinville, que fica na rua Saguaçu, 265, próximo ao Parque Zoobotânico, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16 h.

A plataforma

O portal consumidor.gov.br é um serviço público e gratuito que permite a interlocução direta entre consumidores e empresas para solução alternativa de conflitos de consumo pela internet, em um ambiente totalmente público e transparente.

O objetivo é incentivar a renegociação de dívidas, ampliar o atendimento aos consumidores e fortalecer a promoção da transparência nas relações de consumo.

Segundo o responsável pelo Procon de Joinville, Kleber Fernando Degracia, a plataforma é um canal de comunicação entre o consumidor e a empresa que permite melhores condições para um acordo.

“É uma negociação com compromisso de ser facilitada, vantajosa para o consumidor. Os interessados devem verificar na plataforma quais empresas estão disponíveis para a negociação”, explica.

Como funciona

Após consultar se a empresa para a qual quer registrar a reclamação está cadastrada no sistema, é necessário preencher o cadastro do usuário com todas as informações solicitadas de maneira correta, pois será por meio dessas informações que as empresas farão contato para a renegociação.

No registro da reclamação, deve ser habilitada a opção de participação no mutirão para negociar ou quitar sua dívida. Antes de iniciar a negociação, as empresas farão uma verificação com os usuários, para confirmação de dados.

As empresas têm um prazo de até dez dias para responder à reclamação registrada na plataforma. Durante esse período, é possível que a empresa solicite informações complementares.

Após a resposta da empresa, o consumidor tem 20 dias para avaliar se a reclamação foi resolvida e indicar o grau de satisfação com o atendimento prestado pela empresa, atribuindo uma nota entre 1 e 5.

Os dados pessoais dos consumidores estão protegidos. São públicas apenas as informações relacionadas ao relato de sua reclamação, a resposta da empresa e o comentário final do consumidor.

As informações complementares solicitadas durante a interação entre consumidor e empresa, os anexos e os campos específicos disponíveis no sistema, não são de conteúdo público, e são visíveis apenas à empresa reclamada e ao órgão gestor.

Os termos das Políticas de Uso de Dados Pessoais podem ser consultados diretamente na plataforma.

Com informações de assessoria de imprensa.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger