Com o recolhimento das pessoas, atendendo ao pedido de isolamento social no objetivo de conter o avanço do novo coronavírus, as compras on-line estão em expansão.

Com isso, as pessoas estão mais sujeitas aos golpes na internet. Por causa disso, o Procon de Joinville tem dado orientações aos consumidores sobre os cuidados nas compras de produtos pela internet.

O gerente do Procon, Kleber Fernando Degracia, orienta que é importante verificar a credibilidade do site, se informar com familiares e amigos. E que também é válido pesquisar sobre a qualidade do serviço, em sites como o Reclame Aqui, que registra o volume de manifestações das pessoas contra fornecedores, inclusive com índice dos piores.

“Nos serviços on-line até é possível constatar reclamações, mas é importante comparar o índice das soluções prestadas”, alerta.

É interessante ainda observar os dados da empresa, como o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), e endereço.

Além disso, verificar com atenção se a terminação do site de compras é “.com.br”, que é extensão dos sites brasileiros. Isto é importante porque fraudes cometidas por sites internacionais não estão sujeitas à legislação brasileira, caso seja necessária uma ação judicial.

Ao receber uma grande oferta por meio de links, prestar bastante atenção para o local onde a página será direcionada. Golpistas criam ofertas com nomes de empresas de credibilidade, oferecendo um produto abaixo do preço, mas após o clique direcionam para um site falso, onde a compra pode ser finalizada.

O gerente do Procon orienta que, para verificar a veracidade de uma promoção, deve ser feita a busca digitando o endereço do site da loja ou empresa em outra janela. Ou verificando claramente se o navegador que abriu a partir do banner da promoção não tem um nome suspeito ou diferente do verdadeiro.

As formas de pagamento mais seguras são por plataformas como o Pag Seguro, ou com cartão de crédito.

“Cuidado com opções que permitem apenas depósito bancário porque a probabilidade de golpe é grande”, destaca Kleber.

No caso do consumidor já ter sofrido um prejuízo, registrar pelo site www.consumidor.gov.br, onde estão cadastrados os principais sites de compras do Brasil. O Procon Joinville também está disponível para atendimentos, mediante agendamentos por telefone: (47) 3481.5340, ou 151. Mas para evitar aglomeração, a gerência solicita que apenas a pessoa que efetuará o pedido compareça para a orientação presencial.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul