A Prefeitura de Gaspar, por meio da Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon) divulga a pesquisa de preço de combustíveis. A coleta de dados foi realizada entre os dias 19 e 23 de agosto, em 15 estabelecimentos do município. Foram levantados valores de comercialização das gasolinas comum e aditivada, etanol, diesel e diesel S10.

O menor preço encontrado na gasolina comum foi de R$ 5,579 por litro, enquanto o mais caro por R$ 5,749 o litro. Em relação a gasolina aditivada, o valor varia entre R$ 5,590 e R$ 5,949 o litro. O litro de diesel comum custava nos dias de apuração R$ 4,249, enquanto o diesel S10 foi encontrado a R$ 4,289.

A maior variação de preço encontrada entre estabelecimentos foi a do etanol, de acordo com a pesquisa, o consumidor que pesquisar os preços do combustível, poderá economizar aproximadamente 8%. Preço mais barato comercializado em um dos estabelecimentos foi de R$ 4,799, enquanto o mais caro estava R$ 5,199.

Conforme explica o Superintendente do Procon, Roberto Procópio de Souza, a divulgação da pesquisa demonstra o compromisso do órgão, em atuar de forma constante na divulgação de informações, que agregam valor ao poder de escolha do consumidor. “A ferramenta é pedagógica e busca estimular o consumidor a buscar os melhores preços e promover concorrência e dinâmica de preços mais favorável ao consumidor, em um mercado bastante competitivo”, explica.

O órgão realiza mensalmente a pesquisa de combustíveis em Gaspar. A ação tem caráter informativo e visa mostrar ao consumidor que é importante pesquisar antes de comprar, além de informá-lo de seus direitos caso seja vítima de prática abusiva. O Procon de Gaspar acompanha com atenção os preços praticados pelos estabelecimentos.

O Procon mantém o atendimento de denúncias via telefone (47) 3091-2084 ou pelo WhatsApp 47 3332-9539 no período das 8h às 12h e das 13h às 17h. Após o período de orientação, a vistoria acontece mediante denúncia e fiscalização.

Confira a pesquisa completa: 2213958_Preco_Combustiveis_agosto_2021

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.