O aumento excessivo da conta de água de diversos moradores da Capital fez com que o Procon da Prefeitura de Florianópolis buscasse uma resposta da Casan para as mais de 100 reclamações efetuadas até final de junho deste ano. A empresa de distribuição se comprometeu a analisar cada caso e verificar se se houve erro na cobrança ou algum vazamento na casa dos consumidores que justifique o valor.

Na última quinta-feira, 24 de julho, o Procon entregou para a Casan os 20 primeiros processos, que foram abertos junto aos consumidores nos dias 22 e 23 de junho, em que o órgão atendeu presencialmente o público. Os casos que registrados por telefone e documentados por e-mail, com atendimento não presencial, estão sendo protocolados por lotes, que posteriormente serão enviados à Casan também.

Após análise ser realizada, aqueles casos que não forem corrigidos, ou se não houver consenso entre consumidor e Casan, deverão ser solucionados por meio de audiências.

Caso o consumidor morador de Florianópolis tenha notado um aumento injustificado na conta de água, pode entrar em contato com o Procon Municipal pelo telefone (48) 3131-5300 ou enviar para este e-mail , anexando os documentos comprobatórios junto à reclamação.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp