Primeiros casos de dengue e chikungunya são confirmados em Santa Catarina

Primeiros casos de dengue e chikungunya são confirmados em Santa Catarina Primeiros casos de dengue e chikungunya são confirmados em Santa Catarina

Cotidiano

Por: Dyovana Koiwaski

terça-feira, 11:59 - 27/02/2018

Dyovana Koiwaski
Foram confirmados os primeiros casos de dengue e chikungunya em Santa Catarina. As informações foram divulgadas no último boletim emitido pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive). Ambas as ocorrências foram importadas de outros Estados. O paciente que teve resultado confirmado para dengue mora em Biguaçu, na região da Grande Florianópolis. A equipe médica acredita que a infecção tenha acontecido em Mato Grosso do Sul. Já o paciente com chikungunya reside em Tubarão. Até o dia 17 de fevereiro, Santa Catarina teve 357 casos de dengue notificados. Destes, 89 ainda estão em investigação. No mesmo período do ano passado, 807 casos tinham sido notificados e apenas um confirmado, também autóctone. Apesar da redução de 44% na notificação dos casos, o número de focos está significativamente maior. Foram 1830 em 2017 e 2.998 neste ano, entre janeiro e fevereiro. Em relação à febre chikungunya, o Estado já registrou 57 casos notificados, sendo que 34 foram descartados e 22 permanecem como suspeitos. Em Jaraguá do Sul, o programa de combate à dengue registrou 14 focos até à tarde de ontem (27). No ano passado, apenas dez tinham sido detectados. De acordo com a supervisora do programa, Micheli Pinheiro, o elevado número de focos, aliado a entrada e saída de pessoas do estado, pode gerar ainda mais casos e deixa a região em alerta. “Aqui, estamos atuando com uma vigilância extrema no bairro Ilha da Figueira, onde foram encontrados nove, dos 14 focos. Além de visitar as residências e estabelecimentos comerciais durante o horário comercial, estamos fazendo rondas após as 18h”, comenta Micheli. Quer receber as reportagens do OCP Online no WhatsApp? Basta clicar aqui
×