O prefeito Jair Franzner enviou à Câmara de Vereadores projetos de lei que autorizam o Poder Executivo, por meio do Fundo Municipal de Saúde (FMS), a celebrar convênios com a Associação Hospitalar São José de Jaraguá do Sul (Hospital São José), para mutirões de consultas, exames e pequenas cirurgias, totalizando 24.450 procedimentos.

O investimento será de R$ 2.477.416,00, que serão repassados em parcelas, nesse ano. Nas mensagens dos projetos de lei, assinadas pelo prefeito Jair Franzner, esclarecem que os recursos serão utilizados nos mutirões, na modalidade pós-pago, visando suprir a demanda reprimida de pacientes aguardando em lista de espera do Sistema Único de Saúde (SUS).

As justificativas são que, com a pandemia causada pelo novo coronavírus, grande parte dos procedimentos ficaram suspensos, gerando uma demanda reprimida de pacientes em lista de espera.

“Com a baixa nos casos positivos e com a liberação por parte do Estado de Santa Catarina na realização de procedimentos, faz-se imprescindível a promoção de ações que visem atender tais demandas para garantir a saúde e comodidade de atendimento aos pacientes do SUS”, justifica o Executivo.

Considerando a importância da proposição e relevante interesse público pela aprovação, o Executivo solicita a apreciação dos projetos em Regime de Urgência, para dar mais agilidade ao processo e iniciar os procedimentos o mais breve possível. A votação deverá acontecer na próxima terça-feira (2).

O prefeito de Jaraguá do Sul, Jair Franzner, enfatiza que a saúde é uma das áreas prioritárias do governo municipal e terá uma atenção ainda mais especial com a retomada das ações com a baixa no número de casos de covid-19.

Procedimentos previstos:

2.500 audiometrias;

2.500 logoaudiometrias;

2.500 imitânciometrias;

2.000 consultas cardiologia + eletrocardiograma;

2.000 consultas proctologia;

2.000 consultas urologia;

2.000 ultrassonografias;

1.500 consultas otorrinolaringologia;

1.000 ressonâncias magnéticas;

1.000 tomografias;

1.000 consultas vasculares;

800 colonoscopias;

600 holter 24 horas;

500 ecodoppler;

500 endoscopias digestivas;

500 tomografias;

500 pequenas cirurgias;

400 bera;

300 cintilografias;

300 espirometrias;

150 espirometrias;

100 mapa;

100 videolaringoscopia.