A Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Diretoria de Tecnologia da Informação (TI) da Secretaria da Administração, comunica que a partir desta segunda-feira (4), irá iniciar a substituição sua antiga central telefônica analógica por outra mais moderna e confiável com um sistema de telefonia por transmissão de dados (IP). A principal vantagem é que esta inovação vai permitir a integração total de todas as repartições públicas via ramal. “Algo que vai agilizar o atendimento dos nossos munícipes”, comentou o diretor de TI do Município, Márcio Manoel da Silveira.

A atual central telefônica da Prefeitura (foto) foi instalada em 1998 e de acordo com Silveira atualmente não possui mais peças de reposição novas no mercado sendo que qualquer substituição é feita com peças usadas ou recondicionadas.

“Por ser um equipamento muito antigo também não existem mais softwares compatíveis para monitoramento, então não é mais possível fazer o monitoramento e gerar relatórios de ligações e estatísticas de uso das linhas telefônicas”, explicou.

Antes de migrar para uma nova tecnologia, o prossegue o diretor de TI, foi necessário unificar o fornecimento e gestão das linhas telefônicas.

“Algo que foi efetuado por meio do Edital 182/2020 que culminou na assinatura do contrato 312/2021 com migração finalizada no início de 2022”.

Marcio da Silveira afirma ainda que houve necessidade de atualizar o cabeamento estruturado de algumas áreas da Prefeitura.

"As instalações de telecomunicações da Secretaria de Urbanismo, por exemplo, datam de 2005 e o cabeamento não suportaria a nova tecnologia de telefonia IP adquirida baseada em transmissão de dados".

O contrato 521/2023 para implantação do sistema PABX IP foi assinado em setembro deste ano com a empresa Sigma Telecomunicações de Curitiba (PR) e o valor estimado para os primeiros 12 meses do contrato é de R$ 212.195.52, investimento que chegará a R$ 2,908 milhões em cinco anos.

Vantagens

A Diretoria de TI elencou algumas vantagens propiciadas pela migração do sistema telefônico analógico para o novo PABX IP. São elas:

  • Todos os telefones dos prédios públicos vão migrar para a nova central telefônica, desta forma será possível fazer ligações via ramal;
  • possibilidade de transferir ligações entre todos os prédios públicos;
  • Central Telefônica na nuvem, hospedado em estrutura de responsabilidade da empresa contratada;
  • Registro de até 2500 ramais possibilitando expansões futuras;
  • Possibilidade de registrar os ramais em aparelhos telefônicos, computadores ou smartphones;
  • Identificação de chamadas em todas as linhas telefônicas;
  • Chamadas em grupo (conferência) para até cinco participantes;
  • Desvio de chamadas inclusive para celular;
  • Gravação de chamadas (necessário para Ouvidoria, Ouvidoria do SUS e Central de Agendamento e Relacionamento – SUS);
  • Gravação de mensagens;
  • Unidade de Resposta Audível (URA) facilitando o encaminhamento de ligações diretamente para os serviços mais procurados;
  • Filas de espera para centrais de atendimento ao munícipe e;
  • Sistema de gerenciamento centralizado.

Cronograma

O calendário de implantação novo sistema de Telefonia da Administração Municipal terá ao todo quatro fases. A fase 1 - que inicia na segunda-feira (4) e se estende até o dia 11 deste mês, sempre a partir das 12 horas - irá abranger o Centro Administrativo Municipal (CAM), Secretaria Municipal de Obras, Policlínica Dr. João Biron, Unidade Básica de Saúde (UBS).

As demais etapas (fases 2, 3 e 4) se estenderão as demais 147 unidades municipais das áreas de Saúde, Educação e Assistência Social iniciando no dia 12 de dezembro deste ano até meados de setembro de 2025 prazo para se concluir a transição para a nova tecnologia.