No coração de Jaraguá do Sul, a Praça Ângelo Piazera é um verdadeiro símbolo para a cidade. O local, construído em 1994, foi palco de comemorações, protestos, shows e diversos eventos importantes e deve passar por uma revitalização em breve. Segundo o diretor do Instituto Jourdan, Luis Fernando Marcolla, o espaço não passa por reparos há pelo menos 20 anos. Atualmente, a diretoria está elaborando um projeto para melhorar a estrutura.
"Esta é uma demanda antiga da comunidade e consta no plano de governo do prefeito Antídio Lunelli", aponta Marcolla.
As principais mudanças, conforme o diretor, concentram-se no espaço atrás do Museu Histórico Emílio da Silva. O grande palco será retirado e outro, menor e novo, será construído no local. O parquinho para as crianças também mudará de localização e será reformado. Para os amantes dos esportes sobre rodas, outra novidade animadora. A pista de skate, reduzida pela estrutura da antiga quadra de basquete, será ampliada e poderá receber mais pessoas após a reforma. Outra alteração significativa será em relação ao prédio localizado atrás do museu, nos fundos da praça. O térreo será preparado para receber uma cafeteria durante o dia e uma choperia à noite. Já no segundo andar, será aberto espaço para um restaurante. Para ocupar o local, serão abertos editais para concessão de espaço público. Os interessados terão que apresentar suas propostas. Na área em frente ao Museu Histórico Emílio da Silva, também haverá melhorias e pequenas reformas.

Estudos avaliam orçamento

Segundo o diretor do Instituto Jourdan, Luis Fernando Marcolla, o projeto deve ficar pronto em dois meses. Até o momento, não há estimativa de orçamento necessário para realização da obra, mas duas formas de captação do recurso já estão sendo analisadas. Após esta fase, a proposta segue para os trâmites executivos. Outros projetos de reforma já foram estudados, mas nenhum foi levado adiante.