A realocação de postes de energia elétrica às margens da estrada Bananal do Sul em Guaramirim está incomodando moradores da região.

Os postes estão sendo realocados no trecho já asfaltado, mas acabaram ficando dentro da área de acostamento.

Segundo o prefeito de Guaramirim Luís Chiodini (PP), o problema teve início ainda na execução da primeira parte do projeto de pavimentação da Bananal do Sul, na gestão anterior.

Ele explica que no trecho da via realizado com recursos de emenda parlamentar houve a fiscalização da Caixa Econômica Federal.

Por isso, a instalação dos postes seguiu o alinhamento correto, já que a pavimentação contou também com a construção da calçada nesse trecho financiado por emenda.

Já no trecho que foi realizado ainda em 2015, com recursos próprios do município, mas sem fiscalização, afirma o prefeito, a calçada não foi executada.

Prefeito Luís Chiodini espera não precisar pagar indenização | Foto Verônica Lemus/OCP News

Por isso, alega Chiodini, os postes que estão sendo realocados na via estão dentro do alinhamento já iniciado de forma correta na execução da segunda parte das obras da Bananal, mas pela falha no projeto anterior, acabaram ficando dentro da área de acostamento no trecho sem calçada.

Para resolver o problema, o prefeito diz que o Setor de Planejamento deve realizar dentro de 30 dias uma avaliação técnica da situação, incluindo medições, para apurar como a melhoria deverá ser feita.

O prefeito espera que a área necessária para a construção da calçada seja própria do Município. Caso contrário, será preciso investir mais recursos para solucionar o problema, pelo pagamento de indenização aos proprietários de terrenos às margens da via, para desapropriação.

Ainda não há uma estimativa de quanto a Prefeitura vai precisar investir para realizar a obra, mas o prefeito informa que não será possível fazer o serviço com recursos de emendas parlamentares ou de outras esferas do governo, por ser dinheiro já com destinação certa, e por isso terá que ser executada com recursos próprios.

Chiodini avalia unir os orçamentos das secretarias de Planejamento e de Obras, e também reduzir as despesas com a realização de manutenções de vias, como caminhões pipa e outros serviços, para levantar os recursos.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul