Com o programa Floripa dáx um banho, cadeirantes puderam aproveitar as nove praias acessíveis da Capital | Foto PMF/Divulgação
Com o programa Floripa dáx um banho, cadeirantes puderam aproveitar as nove praias acessíveis da Capital | Foto PMF/Divulgação

A Prefeitura de Florianópolis renovou o convênio com a Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos (Aflodef). O termo prevê a aquisição de mais dois veículos adaptados, além de cobertura das despesas dos três que já estão em operação atualmente. O documento, válido por mais um ano, visa atender a demanda crescente e lista de espera de usuários.

“Para um cadeirante, poder sair de casa significa mais autoestima e independência das suas famílias. E se levarmos em conta que a maioria mora em locais de difícil acesso, a renovação dessa parceria significa muito para todos os usuários”, explica José Roberto Leal, conhecido com Zézinho.

Outro programa que vem auxiliando os cadeirantes é o Floripa dáx um banho, implantado pela Prefeitura de Florianópolis em dezembro do ano passado. Com o auxílio do Porta a Porta, cadeirantes puderam aproveitar as nove praias acessíveis da Capital nesta temporada de verão.

Criado em dezembro de 2017, o Porta a Porta é responsável pelo deslocamento gratuito dos cadeirantes que desejam realizar alguma atividade relacionada à saúde, educação, lazer ou esporte.

De acordo com a Aflodef, parceira da Prefeitura neste programa, cerca de mil cadeirantes estão inseridos em algum tipo de capacitação ou estudo. Desde a implantação do projeto até o momento, mais de cinco mil atendimentos foram realizados na Capital.

 

Quer receber as notícias do Por Acaso no WhatsApp? Clique aqui!