A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Floram, órgão ambiental municipal, acaba de emitir auto de infração à Casan devido ao extravasamento da rede elevatória de esgotos da região do Leste da Ilha. A multa a ser paga pela Companhia é de R$ 3,2 milhões.

Resultados dos testes feitos com corantes apontaram a contaminação da Lagoa da Conceição, ocasionada por falha na operação do sistema e consequentemente, o lançamento de esgoto na rede de drenagem pluvial.

A autuação está amparada na Lei Federal 6.514/2008 e Portaria Conjunta número 143/2019 da Polícia Militar Ambiental e IMA/SC.

 

 

Testes foram feitos com corantes | Foto PMF/Divulgação

 

A terá um prazo para apresentar defesa do auto de infração para recorrer ou optar pelo pagamento da multa nas condições estipuladas no documento, conforme a legislação determina.

A Casan informou que "está concentrada em tratar tecnicamente do assunto, consertando a fissura na rede coletora, à qual não pode ser atribuído o fenômeno das espumas na Lagoa. Outros assuntos serão avaliados posteriormente pela Companhia".

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp