Apesar de o Governador Carlos Moisés ter anunciado a liberação para alguns setores, entre eles comércio de rua e hotéis, pousadas e similares, a Prefeitura de Florianópolis manteve as regras de restrições nestes setores.

A Capital é a cidade catarinense com 173 casos confirmados entre os 732 notificados positivamente no estado e, por conta destes números e de uma projeção preocupante para o futuro, o prefeito Gean Loureiro reforçou a necessidade de ser manter o isolamento social na cidade.

"Florianópolis foi uma das primeiras cidades a adotar o distanciamento social. O que nós fizemos provavelmente diminuiu 3 ou 4 vezes o número de contaminados que teríamos”, confirma Gean Loureiro.

 

Medidas para funcionamento

Lojas de materiais de construção, automotivas, óticas e lotéricas

  • Preferencialmente atendimento agendado
  • Limitar a 1 cliente por atendente. No máximo 1 cliente a cada 4 metros quadrados de chão de vendas da loja
  • Distância mínima de 2 metros entre pessoas, incluindo clientes e vendedores
  • Recomendação de ar-condicionado central desligado
  • Todos com máscara
  • Controle de acesso e fila externa com distância mínima de 2 metros entre clientes marcado no chão
  • Lojas que não estiverem cumprindo a recomendação poderão ser fechadas.

Bancos

  • Limitar a 1 cliente por atendente, no máximo 1 cliente a cada 4 metros quadrados de chão de vendas da loja
  • Distância mínima de 2 metros entre pessoas, clientes e atendentes, incluindo caixas-eletrônicos
  • Sugere-se a separação de horários de atendimento, com horário de atendimento exclusivo para as prioridades previstas em lei
  • Recomendação de ar-condicionado central desligado
  • Todos com máscara
  • Controle de acesso e fila externa com distância mínima de 2 metros entre clientes marcado no chão

Supermercados

Até o final da próxima semana os supermercados terão que comprar termômetro infravermelhos, para mediar a febre de quem entra no espaço, fazendo com que quem já tem o sintoma não entre no estabelecimento. As pessoas em estado febril serão orientadas a ligar para o Alô Saúde imediatamente.

Todos os estabelecimentos que atenderem pessoas sem máscaras serão fechados pela Vigilância Sanitária de Florianópolis, bem como locais que não seguirem outras orientações impostas pelo decreto.

 

Foto Studio OCP

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp