Equipamento deve ser utilizado primeiramente na Barrinha da Lagoa da Barra | Foto Divulgação

Equipamento deve ser utilizado primeiramente na Barrinha da Lagoa da Barra | Foto Divulgação

Uma reivindicação bastante antiga dos moradores e pescadores de Barra Velha e região começa a ser atendida pela Prefeitura de Barra Velha. É o desassoreamento da Lagoa de Barra Velha e da Barrinha do rio Itajuba. Em outubro o município adquiriu uma draga que está instalada na Barrinha.

Em seguida, a draga será deslocada para a Lagoa de Barra Velha onde será feita a retirada de sedimentos da Praça Lauro Carneiro de Loyola até a foz do rio Itapocu, na boca da barra, totalizando cerca de 5,5 quilômetros de extensão.

A draga que estava na Lagoa, cedida pelo governo do Estado, exigia manutenção e, de acordo com o orçamento feito pelo Executivo, a aquisição de um equipamento foi mais vantajoso para o município.

Segundo o prefeito Valter Zimmermann (DEM), será feito um estudo técnico para possibilitar o uso da areia retirada da lagoa para o aterro da orla atingida pelas ressacas.

“Se o município contratasse uma empresa para prestar este tipo de serviço sairia muito caro para os cofres públicos. Agora, temos um equipamento próprio que só terá custos com manutenção”, esclarece o prefeito.

* Com informações de assessoria de imprensa

Quer receber as notícias no WhatsApp?