A possibilidade de uma nova agência reguladora para contribuir com a redução da tarifa de água e esgoto foi pauta de reunião nesta terça-feira (20) em Forquilhinha. O prefeito José Cláudio Gonçalves, o Neguinho, o presidente da Câmara de Vereadores, Célio Elias (PT) e os vereadores Ivone Minatto (PSD) e Dinho Rampinelli (PL) estiveram com a direção do Consórcio CISAM-SUL.

A importância de uma agência reguladora atuante foi apresentada durante a reunião. “Nós elaboramos estudos técnicos para que o pagamento da tarifa seja com o preço justo visando facilitar a negociação do município com a Casan”, conta o diretor técnico do CISAM-SUL, Vilmar Bonetti.

A insatisfação da população com a atual tarifa de água e esgoto foi relatada pelos vereadores e o prefeito. “Precisamos iniciar essa discussão de ter uma nova agência reguladora para conseguir mais resolutividade na negociação com a Casan”, comenta o presidente da Câmara, Célio Elias.

Estudos estão sendo feitos para possibilitar a redução da fatura. “O município quer abrir mão da receita repassada mensalmente pela Casan dos 5 % sobre o faturamento. Estamos estudando a viabilidade, conforme feito em São Joaquim, de ratear os recursos com as ligações existentes no esgotamento sanitário visando diminuir a tarifa”, declara o prefeito Neguinho.

O superintendente da CISAM-SUL, Antonio Willemann e o presidente da Câmara de Regulação e Fiscalização do Saneamento Básico (Crefisba), Felipe Souza Fagundes, também participaram da reunião. A CISAM-SUL atende Criciúma, Nova Veneza, Urussanga, Orleans e demais municípios.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp