A partir de novembro, as atividades da Prefeitura de São Bento do Sul funcionarão em um novo horário de expediente: das 7h30 às 13h30. Neste novo turno, o horário de atendimento ao público começa às 8 horas.

A redução do horário de trabalho foi decida nessa sexta-feira (19) pela equipe do prefeito Magno Bollmann. A justificativa para a mudança é gerar economia.

Com o propósito de manter os serviços essenciais à população, como saúde, educação, assistência social, obras, dentre outros, faz-se necessária a ação. Levando em consideração ainda, a queda dos repasses realizados pelos governos Estadual e Federal.

“Realizamos estudos e avaliamos que o melhor cenário, infelizmente, é a redução do horário. Assim a administração terá condições de realizar uma economia que nos permitirá manter os serviços essenciais à população sem prejudicar o atendimento”, explicou o prefeito Magno Bollmann.

Economia

O horário reduzido proporcionará economia à estrutura da administração como no consumo de energia elétrica, pois como a tendência é esquentar na estação do verão, evita-se os picos de horários com ar-condicionado ligado. Também haverá redução nas despesas como consumo de água, combustível, material de expediente, dentre outros.

Vale ressaltar também que com a redução da carga horária, os servidores municipais irão trabalhar duas horas a menos diariamente, e assim terão uma redução de 25% no auxílio-alimentação.

Exceções

A estrutura da Secretaria de Saúde contará com algumas particularidades. As dez unidades de ESF's não sofrerão alteração no atendimento ao público. A Unidade Central de Saúde não sofrerá alteração no atendimento ao público. As 11 Unidades Básicas de Saúde reduzirão o horário e cada unidade seguirá um cronograma que será divulgado posteriormente. O setor administrativo da Secretaria da Saúde terá um cronograma seguindo a redução de horário que também será divulgado posteriormente.

Já na Secretaria de Assistência Social, três serviços não sofrerão alteração de redução do horário, sendo: Cras; Creas e Cafi. Para a estrutura da secretaria, a redução será implantada. Quanto à Secretaria de Educação, esta não será inserida na regra para redução de horário, pois não há como alterar o calendário escolar e os horários nas escolas.

Na estrutura da Fundação Cultural somente a administração seguirá a determinação para redução do horário das 7:30 às 13:30 horas ininterruptamente. Quanto à Escola de Música Donaldo Ritzmann, bibliotecas municipais e o Museu Municipal Dr. Felippe Maria Wolff, estes prosseguirão com seu horário normal de trabalho e atendimento ao público, realizando o revezamento dos servidores nestes setores.

Tanto o Procon, quanto o Sine, terão expediente interno nos horários das 7:30 às 13:30 horas, e o atendimento ao público ocorrerá das 8:00 às 13:30 horas.

expediente interno no Departamento de Turismo seguirá o horário reduzido das 7:30 às 13:30 horas. Já o horário de atendimento ao turista não sofrerá alteração, prosseguindo das 8 horas às 18 horas ininterruptamente.

Outra exceção será quanto ao Departamento de Trânsito Urbano. Os agentes de trânsito prosseguirão com horário normal de trabalho, e o atendimento ao público na Central de Atendimento do Estacionamento Rotativo prosseguirá de segunda a sexta das 8h30 às 18 horas ininterruptamente, e aos sábados das 8h às 12h.

Férias coletivas

A Prefeitura também determinou as férias coletivas para os servidores públicos municipais. Neste ano as férias coletivas terão início no dia 20 de dezembro, e os servidores retornarão às atividades no dia 21 de janeiro de 2019.

*Com informações de assessoria de imprensa

Quer receber as notícias no WhatsApp?