Os soldados da Polícia Militar, Crivilan Vieira Tressoldi e Ivanio Lipert Schwanck, foram homenageados pela Assembleia Legislativa com moção de aplauso aprovada pelos parlamentares. O ato foi uma iniciativa do deputado José Milton Scheffer (PP).

Prestigiaram a solenidade de entrega: o comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar de Sombrio, major Luiz Paulo Fernandes; o comandante da 6ª Região de Polícia Militar de Araranguá, coronel Evandro de Andrade Fraga; e o prefeito de Passo de Torres, Valmir Augusto Rodrigues (PP).

No dia 15 de maio deste ano, os soldados Schwanck e Tressoldi durante a realização da ronda em Passos de Torres foram informados por populares de que um homem estava desmaiado próximo ao Rio Mampituba devido a agressões.

De acordo com populares, a vítima, de 54 anos, teria sido agredida pelo enteado após um desentendimento familiar, que começou a lhe espancar com diversos golpes na cabeça até ele ficar no chão sem reação, depois o arrastou e jogou dentro do rio.

Ao se aproximarem de uma passarela que dá acesso aos barcos ancorados, os policiais ouviram gemidos e barulhos de pessoa se afogando e visualizaram o homem. Sabendo da urgência do resgate, mesmo com uma temperatura de aproximadamente 10ºC, o soldado Tressoldi tirou seus equipamentos e pulou na água fria, enquanto Schwanck prestava apoio iluminando o local devido à escuridão. Tressoldi arrastou a vítima até a margem do rio até a chegada do Corpo de Bombeiros.

O deputado José Milton Scheffer destacou que a moção é um reconhecimento da Assembleia Legislativa ao trabalho dos soldados pelo ato de bravura no Rio Mampituba, divisa do estado com o Rio Grande do Sul.

“Esse ato é um reconhecimento da competência da nossa Polícia Militar e mais do que isso é para inspirar atos como esse.” O prefeito Valmir Rodrigues enalteceu o trabalho dos policiais, lembrando que o município fica na divisa do estado. “Só tenho que agradecer o trabalho que vocês fazem.”

O soldado Tressoldi lembrou que quando entrou na corporação da Polícia Militar realizou um juramento de servir e proteger mesmo com risco da própria vida. “E é para isto que nós estamos lá. Muito gratificante ter salvado uma vida".

O soldado Schwanck agradeceu ao deputado José Milton Scheffer pela indicação e se sente muito honrado e satisfeito em salvar uma vida. “Se não tivesse a presença da Polícia Militar naquele horário e local provavelmente aquela pessoa teria morrido.”