O nicho pet tem crescido há alguns anos e continua em expansão. Só para ter uma ideia, o Brasil está entre os maiores mercados pet do mundo, faturando cerca de R$ 18,7 bilhões por ano, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Segundo o Instituto Pet Brasil (IPB), os seguros de saúde, em termos de negócios, surgiram para profissionais da área fidelizarem seus clientes.

João Gustavo de Souza, d​a clínica Lovely Dog , explica que a adesão a planos de saúde deve levar em conta economia e tranquilidade.  ​Sua clínica é pioneira em planos de saúde para pets em Santa Catarina (desde 1976) e atualmente tem quatro planos - clínico, felino, canino e pet - a partir de R$ 9​9.​

O Brasil possui 132 milhões de animais de estimação, sendo 52,2 milhões de cães e 22,1 milhões de gatos, segundo dados do IBGE. De olho no potencial desse mercado, os planos disponíveis no mercado oferecem desde serviços básicos, como consultas e exames, até outros mais específicos, como cobertura de parto, implante de microchip e auxílio-funeral. Os mais completos possuem vacinas, castração e reembolsos de procedimentos feitos fora da rede credenciada.

Dicas para escolher o melhor

O Brasil possui 132 milhões de animais de estimação | Foto Divulgação

Primeiro, é preciso saber qual é a necessidade do animal. Segundo João, um animal jovem e saudável provavelmente precisa de menos cuidados veterinários.

Animais saudáveis devem visitar o veterinário pelo menos uma vez por ano. Porém, se tiver doença crônica, a frequência deve ser maior. “A partir de 6 anos, o cachorro é considerado idoso e, nesta idade, é indicado fazer check-up”, explica. Para os mais novos, por exemplo, é possível escolher um básico e depois mudar para outros mais completos. Também vale pesquisar preços em mais de uma empresa e saber quais são os serviços oferecidos por cada uma.

Se está acostumado a levar o pet a um determinado veterinário, veja se ele atende o plano de saúde que está cotando ou considere ter de trocar (ou o plano ou o profissional). Outra opção é escolher planos que oferecem reembolso. Assim como os planos de saúde comercializados para humanos, os para pets possuem período de carência.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?