A equipe de resgate e habilitação da R3 Animal, equipe voluntária de resgate de animais de Florianópolis, presenciou uma crueldade cometida contra dois pinguins-de-Magalhães na tarde desta quinta-feira (8).

Enquanto acompanhavam o encalhe de uma baleia-jubarte morta, na praia do Campeche, receberam informação de dois pinguins mortos na Praia de Canasvieiras. Em primeiro momento, acharam uma ocorrência normal pois nessa época é comum que alguns não sobrevivam à longa jornada desde a Patagônia ou sejam capturados por redes de pesca.

Mas ao chegaram no local perceberam que os animais apresentavam sinais de crueldade. Enquanto uma das aves estava com o crânio fraturado, o outro estava com uma corda no pescoço e uma pedra amarrada na outra extremidade, usada para manter o animal submerso.

Foto: Reprodução/R3 Animal.

Os pinguins foram recolhidos pela Guarda Municipal de Florianópolis e trazidos ao Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM/R3Animal).

Foto: Reprodução/R3 Animal.

Embora estejam em avançado estágio de decomposição, as aves passarão pelo exame necroscópico.

Caso um pinguim seja capturado na rede, ligue para o telefone 0800 642 3341 e a base mais próxima do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) irá resgatá-lo.

*Com informações de R3 Animal.