A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Saúde, fará neste sábado (8) a vacinação de pessoas com comorbidades. Além das pessoas transplantadas, beneficiárias de BPC e pessoas com síndrome de down 18 anos ou mais, poderão ser vacinadas as pessoas de 58 e 59 anos ou mais.

 

Quem será atendido (58 e 59 anos)

  • Diabetes mellitus; Pneumopatias crônicas graves;
  • Hipertensão arterial resistente (HAR);
  • Hipertensão arterial estágio 3;
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;
  • Insuficiência cardíaca (IC);
  • Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar;
  • Cardiopatia hipertensiva;
  • Síndrome coronarianas;
  • Valvopatias;
  • Miocardites e Pericardiopatias;
  • Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;
  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatias congênita no adulto;
  • Prótese valvares e dispositivos cardíacos implantados;
  • Doença cerebrovascular;
  • Doença renal crônica;
  • Imunossuprimidos;
  • Hemoglobinopatias graves;
  • Obesidade mórbida;
  • Síndrome de down;
  • Cirrose hepática.

A listagem está completa no site covidômetro.

 

Locais das 9h às 16h

  • Centro Eventos Luiz Henrique da Silveira - Drive e Ponto Fixo;
  • Centro de Eventos da UFSC - Drive e Ponto Fixo;
  • Beira-mar Continental - Drive e Ponto Fixo;
  • Antigo Aeroporto - Drive e Ponto Fixo;
  • Floripa Shopping - Ponto fixo.

 

Fique atento

As pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal de 18 anos ou mais, serão vacinadas nos locais onde fazem o procedimento. O próprio serviço fará o agendamento do dia de vacinação.

Já quem possui comorbidades, e está acamado ou com dificuldade de locomoção, poderá, a partir de segunda-feira, entrar em contato com sua equipe de saúde para fazer o agendamento da vacinação em domicílio.

 

Comprovação de comorbidades

  • Para comprovação de comorbidades as pessoas deverão levar para a vacinação um atestado seguindo o modelo do site ou atestado que conste a indicação descrita como padronizado na lista.
  • Para diabéticos, pode ser usada receita de insulina (validade do último ano) e, para pessoas vivendo com hiv, pode ser usado resultado de carga viral, receita de antiretroviral ou o atestado.
  • A população que estiver elencada para a vacinação e não conseguir ir até um destes locais poderá contar com corridas gratuitas do aplicativo 99.
  • As pessoas que precisarem do auxílio devem baixar o aplicativo "99", disponível na Apple Store e Google Play, e entrar em contato pelo WhatsApp com o número 32391511 das 13h às 19h, de segunda a sexta-feira.
  • Será utilizado um voucher promocional da casa do usuário até o ponto fixo e posteriormente, outro voucher, do ponto fixo até a casa. No pedido as pessoas devem se identificar com nome completo, CPF e comprovante de residência.