Nos próximos dias, o governo federal deve editar uma medida provisória para facilitar a renovação da carteira de habilitação dos brasileiros.

O texto - que está sendo fechado pelo ministro Alexandre Baldy (Cidades) - determinará que, a partir da expedição da CNH, os motoristas façam apenas exames médicos a cada cinco anos, e não precisem mais passar pela burocracia para renovar o documento.

A proposta define que redução das burocracias valha para todos os motoristas que tiverem até 55 anos. Após essa idade, a atualização do documento seria obrigatória a cada cinco anos, além da realização de exames a cada dois anos e meio.

A medida tem como estratégia melhorar a avaliação do presidente Michel Temer (MDB) a menos de dois meses da eleição.

Quem divulgou as informações sobre o assunto foi a colunista Daniela Lima, do jornal Folha de S. Paulo.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?