Uma estrada que liga a região Sul de Joinville a Araquari poderia ser uma importante ferramenta para desafogar o trânsito intenso da BR-280, principalmente nos fins de semana, quando o fluxo é maior devido ao acesso às praias de São Francisco do Sul, Araquari e Balneário Barra do Sul. Poderia, se não fosse o fato da obra de pavimentação da via estar parada desde 2016. Estamos falando da Estrada Rio do Morro que fica entre o bairro Paranaguamirim, em Joinville, e a localidade de Porto Grande, em Araquari.

Empresa que fazia a obra de pavimentação da Estrada Rio do Morro faliu em 2016. Estado deve fazer nova licitação | Foto Reprodução Google Maps

O trecho tem 9,5 quilômetros, destes cerca de 75% já estão asfaltados, de acordo com informações do Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura). Mas obra acabou sendo abandonada, depois que a empresa licitada para fazer o serviço decretou falência e pediu para rescindir o contrato com o Estado. Com isso, o Grupo Gestor do Governo do Estado precisou reformular o projeto que agora aguarda ser licitado novamente.

A pavimentação da Estrada Rio do Morro teve início em 2013 e custaria ao cofre do Estado R$ 15,9 milhões. Deste total, R$ 11,9 milhões foram repassados a primeira empresa que fez 75% da obra. Ainda conforme informações do Deinfra, no trecho remanescente é preciso construir uma ponte, fazer serviços de terraplanagem, pavimentação, sinalização e canaletas, bueiros, sarjetas e drenagem. Também é necessária a construção de uma passagem de nível sobre a ferrovia e um trevo no acesso a BR-280, na altura do quilômetro 30. Todas estas pendências devem custar bem mais do que os R$4 milhões que ainda estavam no caixa da obra.

Segundo informações do Deinfra, de Joinville não há prazo para a retomada da pavimentação da Estrada Rio do Morro. Mesmo com trechos sem asfalto e sem sinalização motoristas tem utilizado a rodovia.