Um projeto de lei que visa proibir a exigência do comprovante de vacinação contra a Covid-19 na cidade de Braço do Norte foi apresentado à Câmara Municipal pelo vereador Elton Heidemann (PSD). A proposta, desobriga o cidadão a apresentar a Carteira de Vacinação, seja ela física ou digital, para acessar benefícios, serviços e locais de lazer, por exemplo. Na visão do vereador todos têm o direito “de ir e vir” conforme a constituição nacional.

 

“Não sou contra a vacinação, mas não podemos permitir que um cidadão seja impedido de realizar qualquer atividade por ainda não estar vacinado, seja por ainda querer aguardar um pouco, seja por orientação médica ou falta de confiança”, explicou.

 

Ainda segundo o autor da proposta, até alguém mal intencionado pode apresentar um comprovante falso de vacinação. “Não adianta em nada exigir a carteira de vacinação na entrada de um evento se a pessoa estiver contaminada. Esse projeto é mais do que apenas a vacinação da Covid-19, é sobre a liberdade, seja ela onde for cerceada”, finaliza Elton.

 

A sessão acontece hoje, a partir das 19 horas. Para ser aprovado, o Projeto de Lei precisa ser analisado por uma comissão especial, em seguida ser aprovado pela maioria dos vereadores e por fim segue para a sanção do prefeito.

 

Em Braço do Norte, a prefeitura informou que 28.953 dos adultos fizeram a primeira dose e 25.624 estão com o ciclo vacinal completo.