Criciúma confirmou, nesta segunda-feira, mais 58 novos casos de Covid-19 e 150 curas.

Houve ainda uma queda no número de casos ativos, em contrapartida passou de 10 mil o número de já notificados com o novo vírus e o número de pessoas hospitalizadas bateu o recorde em relação à pandemia.

Hoje são 1.163 infectados ativos com a Covid, 93 a menos que o boletim anterior.

A cidade já notificou, desde o início da pandemia, 10.044 infectados com o novo coronavírus e 8.762 recuperados.

Há ainda 714 suspeitos, aguardando o resultado do exame, e 30.397 exames descartando para o vírus.

Criciúma soma 119 óbitos devido à pandemia.

Recorde

Criciúma tem um novo recorde em relação ao número de hospitalizados pela Covid-19.

Segundo Informe Epidemiológico, emitido pela Vigilância em Saúde, nesta segunda-feira são 153 internados, o número mais alto desde o início da pandemia.

Com leitos lotados, as unidades de saúde de Criciúma já cancelaram as cirurgias eletivas (agendadas) e as autoridades pedem reforço nos cuidados, como uso de máscara, higienização das mãos, distanciamento social e que a população evite saídas desnecessárias.

Dos 153, 54 estão sob suspeita de contaminação, aguardando o resultado do exame.

Do total, 49 estão em leitos de UTI e 95 são pacientes de outros municípios.

 

 

 

 

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul