As crianças e adolescentes em acolhimento institucional da comarca de Criciúma tiveram uma tarde diferenciada nesta semana (7/2), quando participaram de um dia de atividades com o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA/SC), parceiro do programa Novos Caminhos. Eles fizeram uma caminhada, guiada pelos servidores da Reserva Biológica Estadual do Aguaí, e uma parte da trilha dos Tropeiros, que passa por dentro da reserva, em Siderópolis, com visita ao Centro de Educação Ambiental do Instituto Felinos do Aguaí; também tiveram uma palestra de educação ambiental no Centro Multiuso Afasc, Criciúma.

A parceria do IMA com o Novos Caminhos, em Criciúma, iniciou em 2023 com palestras aos acolhidos, e neste ano foi iniciado um projeto de circuito de trilhas na região Sul. O biólogo do IMA, Juliano de Mattos Emmerick, explica que a ideia do projeto veio para cumprir uma missão do instituto, que é participar da universalização do acesso ao conhecimento na área da educação ambiental, e em conversas com a Vara da Infância da comarca de Criciúma foram apresentados ao Novos Caminhos.

Sobre o dia de atividades, ele destaca que a palestra técnica abordou sobre o IMA, a reserva visitada e o meio ambiente, e a trilha teve como objetivo o contato e a vivência na natureza. “Fizemos este trabalho junto às três casas de acolhimento de Criciúma e acho que foi bastante positivo. Tivemos bastante informação e também muitos momentos de lazer, e acho que conseguimos passar a eles essa vivência no meio ambiente e a experiência de caminhar dentro de uma área natural.”

O coordenador da unidade de conservação, Joel Casagrande, afirma que esta foi uma experiência muito gratificante e que vai ao encontro da missão do IMA. Além disso, trabalhar com as crianças em acolhimento “aquece o coração”, por saber que podem fazer uma pequena parte para melhorar a vida dos acolhidos. “Foi muito bom participar dessas atividades, e que isso possa se repetir. É muito bom quando podemos oferecer essas experiências de contato com a natureza para as crianças.” Segundo o coordenador, essa saída ao campo foi uma primeira vivência, que ainda pode ser aperfeiçoada. “Vamos melhorando, para cada vez oportunizar uma experiência mais rica.”

A caminhada também foi acompanhada pela bióloga e coordenadora do Instituto Felinos do Aguaí, ONG parceira do IMA, Micheli Ribeiro Luiz, que avaliou que o verdadeiro encanto da visita foi observar a transformação da expressão das crianças. "Vi a desconfiança inicial dissipar, dando espaço a sorrisos diante da descoberta da paisagem e da conexão emocional estabelecida com o ambiente natural." Também esteve no apoio da trilha dos Tropeiros a voluntária do instituto Jossyellen Becher.

A presidente do IMA/SC, Sheila Meirelles, em nome das equipes e parceiros das unidades de conservação e também de toda a equipe do IMA/SC, parabenizou o TJSC pela iniciativa e agradeceu pela oportunidade de participarem juntos desta história. “Nós, do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina, nos sentimos honrados em contribuir para o programa Novos Caminhos, que realiza um trabalho extremamente relevante em prol da integração das crianças e adolescentes em acolhimento, especialmente nestas ações que contemplam a educação ambiental e o contato deles com o meio ambiente, no sentido de que possam cultivar o amor e o despertar da consciência em relação a um ambiente preservado, mais sustentável e igualitário”, afirma.