A Prefeitura de Palhoça assinou um contrato de R$ 20 milhões com a Caixa Econômica Federal, através do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), para a aplicação em obras de infraestrutura, cuja execução deve começar já no primeiro trimestre de 2021.

A assinatura do contrato aconteceu no Centro Administrativo, na última sexta-feira (4) com a presença de secretários municipais, vereadores e lideranças que representam bairros de Palhoça.

O prefeito Camilo Martins disse que os recursos assegurados no financiamento serão utilizados na execução de obras de pavimentação, saneamento, drenagem e sinalização. “São obras que vão melhorar a qualidade de vida das pessoas”, comentou. “Estou encerrando o meu segundo mandato e ainda assinando contratos como esse, que vão assegurar recursos para a realização de obras no próximo governo”.

Contas saneadas

Camilo Martins agradeceu a colaboração da Caixa Econômica Federal que, segundo ele, teve “um papel relevante, financiando projetos que asseguram o desenvolvimento de Palhoça”, frisou. Edinei Luís Celestino, superintendente Executivo da CEF, afirmou que assinatura do financiamento só foi possível porque a Prefeitura de Palhoça “tem as contas saneadas. Isso facilitou a aprovação do contrato”. Até agora, o município de Palhoça foi o único na região a conquistar esse financiamento.

A secretária municipal de Infraestrutura e Saneamento, Kristy Cardoso Fabre, disse que uma equipe de engenheiros e técnicos está trabalhando para elencar a relação de obras que serão executadas com os recursos do financiamento assinado. “A cidade tem as suas prioridades e a Secretaria de Infraestrutura sabe exatamente quais áreas estão necessitando de serviços. Como muitos bairros já foram beneficiados com diversas obras, agora chegou a vez de atender outras reivindicações comunitárias. Há todo um planejamento em andamento para que os recursos sejam bem aplicados”, comentou.

Parceria

O prefeito Camilo Martins fez questão de ressaltar o que considera “a importante parceria com os vereadores, que tiveram a sensibilidade para aprovar projetos significativos para a cidade. Em Palhoça, não perdemos tempo com brigas, com vaidades, entre o Executivo e o Legislativo. Porque a população não quer saber de disputas, na verdade prefere o entendimento do Executivo com o Legislativo. Por isso, realizamos uma gestão bem sucedida”, afirmou.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp