A gincana entre as Equipes de Atenção Básica ESF e UBS), proposta pela Secretaria Municipal de Saúde, “Unidos contra o Câncer de Mama”, encerrou o Outubro Rosa, em Criciúma.

O principal objetivo dessas ações foi de fortalecer e ampliar a prevenção, detecção precoce e tratamento oportuno do câncer de mama e do colo de útero, por meio da ampliação de mulheres na faixa etária de 25 a 64 anos, com o exame preventivo a cada três anos, e a ampliação de exames de mamografia em mulheres de 50 a 69 anos de idade.

A gincana contabilizou a realização de exames preventivos, de palestras e a coleta de recipientes de vidro limpo e sem rótulos para o Banco de Leite Humano (BHL) do Hospital Materno Infantil Santa Catarina, além de toucas, lenços e perucas.

Satisfação

“Nós da secretaria ficamos muito satisfeitos com os números do Outubro Rosa deste ano porque foram ainda maiores que o ano passado, onde já tínhamos contabilizado aumento na realização de preventivos e solicitação de mamografias”, comentou a coordenadora da Gincana do Bem, Ana Paula Aguiar.

Segundo ela, esse ano houve ainda a novidade na aquisição de vidros para o armazenamento de leite para o BHL, que é uma ação voltada para a prevenção do câncer de mama, visto que quanto mais a mãe amamenta, mais diminuem as chances de ter o câncer de mama.

Resultado da Gincana

O resultado da gincana do bem foi positivo como esperado.

Foram realizados 2.659 exames preventivos, um número superior ao do mesmo período do ano passado, que foi 1.294.

Com as mamografias requisitadas, o resultado foi positivo também, tendo registro de 1.294 do último ano, a campanha fecha com 2.659 requisições para o exame.

Foram também realizadas mais de 40 palestras pelo município.

Já dos outros itens coletados, o resultado foi igualmente positivo.

Foram arrecadados 1.115 lenços, 79 toucas, 6.632 vidros para o BHL do Hospital Materno Infantil Santa Catarina, e 114 perucas.

Empenho

“Nós consideramos muito positivo o resultado e agradecemos as unidades de saúde que se empenharam em fazer essa gincana, em fazer esse trabalho para atender de uma forma mais efetiva a mulher, nesse caso em relação ao câncer de mama, de colo de útero, entre outros” finalizou a coordenadora.

Ainda no mês de novembro, vai haver uma cerimônia simbólica com a presença dos representantes do Centro de Pesquisas Oncológicas (CEPON) do Hospital São José e do BHL do Hospital Materno Infantil Santa Catarina.

A cerimônia ocorrerá na Prefeitura Municipal de Criciúma, ainda sem data definida.