A LATAM concluiu o translado de uma onça-pintada (Panthera onca) fêmea de Marabá, no Pará, para o aeroporto de Congonhas, em São Paulo. O voo faz parte do programa Avião Solidário.

Vinda do Parque Zoobotânico Vale, em Parauapebas, no Pará, a onça Sheilla possui uma variação melânica que faz com que ela possui a pelagem preta. O objetivo da viagem é parear ela com um outro macho da mesma espécie, batizado de Pantanal que vive no Parque Ecológico Municipal de Americana, em São Paulo.

Foto: Divulgação.

"O pareamento, esse encontro da Sheilla, fêmea preta que nasceu aqui no Parque Zoobotânico Vale, com o macho, Pantanal, que hoje se encontra sozinho, no Parque Ecológico Municipal de Americana faz parte de um conjunto de ações feitas pelos zoológicos de extrema importância, em que essas instituições se unem para manter indivíduos da mesma espécie, para formação de casais, e assim, contribuir para a reprodução e conservação de espécies ameaçadas, como a onça pintada, símbolo da fauna brasileira", explica Tarcísio Rodrigues, biólogo do Parque Zoobotânico Vale.

A operação faz parte do Programa Avião Solidário, no qual a LATAM auxilia de forma gratuita o transporte de pessoas, animais e cargas em situações emergenciais envolvendo saúde, preservação ambiental e desastres naturais.

Confira o momento em que o comandante do avião anuncia aos passageiros sobre o transporte da onça Sheilla: