A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, concluiu a pavimentação com paver, espécie de paralelepípedo, de um trecho de 100 metros, na Rua Eurico Duwe, Bairro Rio da Luz, na altura do Condomínio Residencial Silvana Cleide Martins.

A rua foi recentemente repavimentada com asfalto, menos neste trecho específico aonde já estava prevista a pavimentação especial com paver, devido a existência de um imóvel construído na década de 1930, considerado tombamento histórico.

O objetivo deste projeto é a diminuição da velocidade no trecho com a instalação de faixas elevadas combinado com a execução da pavimentação em piso intertravado de concreto (paver).

O paver absorve uma carga maior da energia promovida pela circulação de veículos pesado, como caminhões, ônibus e tratores.

Assim, diminui o risco de rachaduras na edificação histórica como já ocorre na Casa Rux, localizada na outra margem do Rio da Luz.

Ao mesmo tempo, a solução proporciona o destaque para o imóvel histórico, através do visual e da textura do pavimento, criando uma identidade específica para as edificações históricas do Vale do Rio da Luz, um patrimônio cultural nacionalmente reconhecido.

A proposta será levada para outros pontos históricos e tombados daquela região.

As ações contribuem ainda para o desenvolvimento de atividades turísticas e de lazer na região que será contemplada com o Projeto de Requalificação Urbana do Vale do Rio da Luz.

Além disso, o projeto prevê a construção de calçadas amplas para atividades físicas, áreas de lazer, ciclofaixa de duas vias e sinalização especial.

Casa Volkmann

O casal Vilmar e Isolete Dumes Volkmann são proprietários da casa de característica teuto-brasileira, no território do Conjunto Rural do Rio da Luz.

O patrimônio edificado, construído na década de 1930, reúne um conjunto de saber e fazer de técnica construtivista dos colonizadores ligados aos povos germânicos.

Neste caso, com o acompanhamento da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, a obra de pavimentação atende o projeto de requalificação urbana firmado em Termo de Ajustamento de Conduta com o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), e celebrado pelo Ministério Público Federal.

A diretriz do Iphan para a região é criar uma pavimentação de destaque em algumas edificações históricas selecionadas, dentre elas, a Casa Volkmann, tombada pelo Município.

Com informações de assessoria de imprensa.