No ano que vem, 120 escolas estaduais de Santa Catarina vão adotar um novo modelo de ensino médio. Nesta primeira etapa, 19 unidades de ensino do Vale do Itajaí passarão a ter uma carga horária maior, currículo mais flexível organizado por áreas do conhecimento, no lugar de disciplinas, e voltado para as necessidades, competências e habilidades essenciais a serem desenvolvidas pelo aluno.

De acordo com a proposta, o estudante ficará mais tempo em sala de aula. A carga horária irá aumentar de 800 horas/aula por ano para mil horas/aula. Os alunos também poderão escolher as disciplinas que querem cursar no período extra que ficarão em sala.

Além da grade curricular tradicional, estarão disponíveis cinco itinerários formativos, com foco em áreas de conhecimento e na formação técnica e profissional.

Dentre os componentes curriculares eletivos, estão: segunda língua estrangeira; estudos dirigidos; componentes curriculares de aprofundamento, como matemática avançada e outros; cultura, esporte e educação tecnológica.

Escolas da região que adotarão o modelo em 2020

  • Balneário Camboriú (1): EEB Profa. Francisca Alves Gevaerd;
  • Blumenau (2): Cedup Hermann Hering e EEB Dr. Max Tavares D'Amaral;
  • Bombinhas (1): EEB Pref. Leopoldo José Guerreiro;
  • Brusque (1): EEM Yvonne Olinger Appel;
  • Guabiruba (1): EEB Prof. João Boos;
  • Itajaí (4): EEM Elfrida Cristino da Silva, EEB Prof. Ary Mascarenhas Passos, EEB Maria Rita Flor e EEB Nereu Ramos;
  • Mirim Doce (1): EEB Bruno Heidrich;
  • Navegantes (1): EEB Adelaide Konder;
  • Presidente Getúlio (2): EEB Orlando Bertoli e EEB Cecilia Ax;
  • Rio do Oeste (1): EEB Expedicionário Mario Nardelli;
  • Rio do Sul (1): EEB Dep. João Custódio da Luz;
  • Rio dos Cedros (1): EEB Prof. Giovani Trentini;
  • Taió (2): EEB Leopoldo Jacobsen e EEB Luiz Bertoli.

Quer receber as notícias no WhatsApp?