O novo edital do Programa Adote o Verde, da Prefeitura de Jaraguá do Sul, teve 20 inscrições de interessados em adotar espaços públicos da cidade e cuidar destes locais.

O prazo para inscrições terminou no último dia 30 de novembro.

Nesta etapa do Programa, 24 canteiros foram disponibilizados para adoção por pessoas físicas e jurídicas. O prazo para o Termo de Cooperação será de até 36 meses, (12, 24 ou 36 meses), podendo ser renovado pelo mesmo período.

 

 

Segundo a gerente de Atendimento e de Relações Governamentais e Conselho, Jussana Beatriz Lunelli Buzzi, os documentos apresentados seguem, agora, para a comissão de análise da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, responsável pelo deferimento das inscrições e dos locais escolhidos pelos proponentes.

No caso de haver mais de um interessado pelo mesmo local, a comissão deverá analisar as propostas com os seguintes critérios da tabela de pontuação: 50% pela melhor proposta; 30% pela ordem cronológica do ato de inscrição (de acordo com a data e hora do protocolo) e 20% pela localidade, conforme proximidade entre o adotante e a área a ser adotada.

Se houver empate, será feito um sorteio na presença dos interessados.

Em breve serão divulgados todos os contemplados desta etapa do Programa e a data de assinatura dos Termos de Cooperação, o que deve acontecer após o processo de análise.

Sobre a Adote o Verde

O Programa Adote o Verde foi instituído por meio da Lei Municipal nº 7.815/2018 e regulamentado pelo Decreto Municipal nº 12.754/2019.

Nestes espaços de praças, canteiros, rótulas e trevos, o adotante executa os serviços de conservação, manutenção, limpeza, plantio de flores de época, adubação, irrigação, recuperação da vegetação já existente, poda, corte do gramado junto a guia, dentre outras possibilidades de ajardinamento.

Em contrapartida, a instituição ou a pessoa física coloca a placa com a sua identificação (divulgando, assim, a empresa) ou somente a identificação como pessoa física. Também é possível instalar monumentos decorativos, lixeiras, relógios, bancos, dentre outros equipamentos urbanos como fins publicitários.

A primeira edição do Programa foi lançada em abril de 2019, com 11 áreas públicas adotadas por empresários e pessoas físicas. No mesmo ano, outras duas edições resultaram na adoção de mais 24 áreas.

Em 2020, um novo edital ofertou 80 espaços, entre eles alguns já oferecidos nos editais anteriores, como também novas áreas. No ano de 2021 mais 37 espaços foram adotados e em 2022 houve adoção de outros dez espaços.