Os moradores e empresários de Joinville precisam ficar atentos à fatura da conta de luz. Isto porque a partir deste mês passa a valer uma nova forma de cálculo da Cosip (Custeio de Serviço de Iluminação Pública), cobrada de todas as unidades consumidoras de energia da cidade. Uma lei da CVJ (Câmara de Vereadores de Joinville), sancionada no dia 25 de janeiro de 2017, pelo prefeito Udo Döhler (PMDB), alterou a maneira de cobrança da taxa a partir do dia 1º de janeiro de 2018.
Agora, as tarifas são calculadas a partir da média de consumo de cada domicilio e não mais pela metragem da frente dos terrenos. A mudança de acordo com a prefeitura, autora do projeto de Lei, tem objetivo de aumentar a capacidade de investimento na rede elétrica de Joinville. A intenção da prefeitura é um aumento de 20% na arrecadação, passando dos atuais R$ 1,6 milhão/mês para R$ 1,9 milhão/mês.
Saiba Mais: Veja a Lei que autorizou a mudança na forma da cobrança da Cosip
Nos casos dos terrenos baldios, sem residências, empresas ou qualquer tipo de imóvel sem serviço de energia elétrica, a cobrança continuará a ser feita com base na metragem.
Conforme o novo método, passarão a pagar taxa mais alta os consumidores da faixa de 201 kilowatts (kw) em diante. Já para 35% dos consumidores de faixas mais baixas (como a de 1 a 30 kw), a Cosip ficará mais barata.
Se escolhesse aumentar a taxa como está, para recompor perdas da Prefeitura com aumento no preço da energia paga à Celesc, a alta seria de 67% para todas as classes de consumo, conforme a prefeitura.
Saiba Mais: | Confira quanto você vai pagar pela Cosip a partir da próxima fatura de energia
 
Quando tratar-se de imóvel não edificado, com testada de:
De 1 a 30 m – R$ 19,24 por mês;
De 31 a 60 m - R$ 38,48 por mês;
De 61 a 100 m - R$ 57,73 por mês;
De 101 a 200 m - R$ 76,95 por mês;
Mais de 200 m - R$ 96,20 por mês.
 
Quando tratar-se de usuário residencial, com consumo de:
De 1 a 30 kwh/mês – R$ 1,00 por mês;
De 31 a 50 kwh/mês - R$ 2,00 por mês;
De 51 a 100 kwh/mês – R$ 4,00 por mês;
De 101 a 200 kwh/mês – R$ 9,00 por mês;
De 201 a 500 kwh/mês – R$ 21,50 por mês;
De 501 a 1000 kwh/mês – R$ 46,00 por mês;
De 1001 a 1500 kwh/mês – R$ 76,50 por mês;
Mais de 1500 kwh/mês - R$ 92,00 por mês.
 
Quando tratar-se de usuário não residencial, com consumo de:
De 1 a 30 kwh/mês – R$ 1,00 por mês;
De 31 a 50 kwh/mês - R$ 3,50 por mês;
De 51 a 100 kwh/mês – R$ 5,50 por mês;
De 101 a 200 kwh/mês – R$ 11,00 por mês;
De 201 a 500 kwh/mês – R$ 26,00 por mês;
De 501 a 1000 kwh/mês – R$ 55,00 por mês;
De 1001 a 1500 kwh/mês – R$ 92,00 por mês;
Mais de 1500 kwh/mês - R$ 110,00 por mês.