Após um chamamento público realizado pela Prefeitura de Florianópolis, mais duas empresas se credenciaram para poder atuar na coleta de resíduos em Florianópolis e assumir roteiros que estão paralisados por conta da greve da Comcap.

O preço pago pelo município é de R$ 190,00 a tonelada, metade dos cerca de R$ 400,00 pago à Comcap.

A prioridade no município nesta quinta é limpar os calçadões centrais onde passam milhares de pedestres. A medida que chegam novos caminhões e empresas, a prefeitura vai avançando nos bairros até regularizar toda a coleta nos próximos dias. Independente da quantidade de empresas, o custo público é o mesmo já que a remuneração é por tonelada recolhida.

Greve é ilegal, segundo justiça

Em decisão nesta quarta-feira (22) o Tribunal de Justiça de Santa Catarina declarou a ilegalidade do movimento grevista na Comcap. Com isso, o município já está rodando a folha de pagamento nesta quinta (23) com o desconto dos faltantes.