Fotos: Francisco Junckes/PMJS
Fotos: Francisco Junckes/PMJS
A Prefeitura de Jaraguá do Sul já fechou o relatório de serviços operacionais realizados nos primeiros 30 dias do mutirão deflagrado para recuperar a cidade atingida por sucessivos temporais entre os meses de setembro e novembro de 2015. O período compreende entre os dias 25 de janeiro e 25 de fevereiro deste ano. A ação irá se estender até o fim deste mês e envolve equipes das Secretaria de Obras e Urbanismo.
Entre as ações previstas e realizadas neste período inicial foram realizadas operações tapa-buracos, patrolamento e macadamização de estradas, recuperação da pavimentação, limpeza de bocas de lobo, conserto em locais de erosões, limpeza de meios-fios e canteiros, recuperação de pontilhões, instalação de novas lixeiras, pintura de ruas, melhoria das faixas de pedestres, restauração das placas de identificação dos nomes das ruas e pintura de pontes.
IMG_6857
Um dos principais trabalhos realizados foi patrolamento de 59 ruas de 18 bairros. O bairro João Pessoa foi um dos que concentrou o maior número de ruas assistidas: 13 vias.O trabalho também se estendeu por mais de 12 KM na rodovia JGS 479 (localidade de Ribeirão Rodrigues) no bairro Jaraguazinho e na rua Joaquim Pincegher (Vila Machado) em Nereu Ramos.
A aplicação de macadame (e posterior patrolamento e limpeza) foi feita ainda em 17 ruas de 12 bairros. O mesmo serviço aliado ao de limpeza ocorreu no Rio da Luz II, Rio Cerro II, Garibaldi, Rio Molha e Tifa Martins, Chico de Paulo, Boa Vista e Jaraguazinho.
Somente a manutenção de ruas não pavimentadas no município se estendeu por mais de 83 quilômetros (KM) nas áreas urbana e rural.
Recapeamento Esquinas Vila Lenzi10
Pavimento – O conserto de calçamento foi realizado em 24 ruas de nove bairros da cidade. Já a manutenção de pavimento asfáltico (tapa-buraco) foi feita, até o momento, em 34 ruas de 20 bairros. A maior parte do trabalho ocorreu na Barra do Rio Cerro (7 ruas), Centro (6), Ilha da Figueira (5), Centenário (4) e Vila Lalau (4).
IMG-20160225-WA0005
Tubulação – A colocação de 264 tubos do sistema de drenagem pluvial com diâmetro que variavam de 0,30 cm a 1,5 metro também foi executada em bairros como João Pessoa, Estrada Nova e Nereu Ramos. Além disso, foi feita a limpeza com hidro-jato de bocas-de-lobo, bueiros e tubulação em 35 vias de 18 bairros da cidade.
Já no João Pessoa, Santa Luzia, Ribeirão Cavalo e Boa Vista foi feito o conserto e substituição de tubos quebrados. Procedimento este que incluiu bocas-de-lobo que foram consertadas em 29 ruas de 15 bairros. Já outras novas unidades foram instaladas em 14 vias de 10 bairros.
Foi promovida ainda a limpeza de canaletas em 36 ruas de nove bairros, sendo a maior parte deste tipo de serviço ocorrido na Vila Nova, Centro, Nova Brasília e Czerniewicz.
IMG_6835
Consertos – Equipes de Obras e da Diretoria de Trânsito também promoveram diversas ações como conserto de canteiros, troca de lixeiras danificadas, roçada em vias, podas de árvores e recolhimento de entulhos. Também ocorreu a instalação de 127 placas de sinalização , troca de espelho convexo, 2.000 m2 de pintura de sinalização viária, a relocação de três abrigos de passageiro e a reforma e conserto de outras 20 destas unidades.
Erosão – Outro problema causado pelos sucessivos temporais foi a erosão em diversos pontos da cidade. Nestes primeiros 30 dias de mutirão houve a intervenção em 64 ruas de 27 bairros, dentre eles Barra do Rio Cerro, e São Luis que registraram o maior número deste tipo de ocorrência (em seis ruas cada um). Já em localidades como Santa Luzia e Rio Cerro II as equipes da PMJS também realizaram a limpeza de remoção de barreira na rua Tercilio Demarchi e Tifa Spinanback, respectivamente.
Fonte: PMJS