Mulheres com idade entre 25 e 34 anos lideraram a audiência da Rede OCP em 2020

Foto Arquivo OCP News Foto Arquivo OCP News

Cotidiano

Por: Dyovana Koiwaski

quinta-feira, 05:00 - 14/01/2021

Dyovana Koiwaski
Publicidade

Em um ano repleto de adversidades, a Rede OCP de Comunicação conseguiu alcançar números positivos de crescimento e cativar ainda mais a sua audiência nas regiões onde atua.

Ao longo de 2020, foram 50,2 milhões de visualizações de páginas, 17% a mais do que o registrado em 2019.

O número de usuários também aumentou 27% e chegou a 11,2 milhões no ano passado. Dados que comprovam a consolidação do portal como uma fonte confiável de conteúdo em Santa Catarina.

Com os elevados índices de 2020, é possível traçar um perfil da audiência da Rede OCP nas plataformas digitais.

Dos 11,2 milhões de usuários que o portal teve no ano passado, por exemplo, 57,6% eram mulheres. Já a faixa etária que mais procura pelas notícias online é a dos 25 a 34 anos.

Outro dado que chama atenção é o de dispositivo de acesso ao portal: 92,3% foram feitos por smartphones, contabilizando 31.557 milhões de visualizações por meio de dispositivos móveis.

Origem da audiência

Comprovando que as redes sociais são atualmente a principal fonte de acesso à informação da população, 56,2% das visualizações de páginas que a Rede OCP teve em 2020, tiveram como origem as mídias sociais.

Entre elas, destacam-se o Facebook, WhatsApp, Instagram, Telegram e Twitter.

A procura orgânica, quando o usuário busca o conteúdo e encontra a informação diretamente no site, também registrou bons índices no ano passado, representando 27,5% dos acessos.

Em seguida, aparecem as visualizações diretas, com 14,1%. Ferramentas de pesquisa, como o Google, foram responsáveis por 1,5% dos acessos.

Dispositivo de acesso

Em 2020, o Brasil foi considerado o terceiro país onde as pessoas passam mais tempo no celular.

Não é a toa que 92,3% das visualizações de páginas do OCP são via mobile, o que indica mais de 31 milhões de acessos por smartphones.

Os computadores aparecem como o segundo dispositivo mais utilizado pelos usuários da Rede OCP, com 7,2% dos acessos. No terceiro lugar, estão os tablets, com 0,4%.

Gênero da audiência

Outra tendência observada nacionalmente, concretiza-se em relação à audiência do portal em 2020.

Dos mais de 11,2 milhões de usuários, 57,5% eram mulheres, o que representa mais de 9,9 milhões de pessoas.

Os internautas masculinos formaram 42,4% da audiência da Rede OCP em 2020.

Faixa etária

O número de usuários do OCP está bem distribuído em relação à idade, mas quem dominou a maioria dos acessos digitais no ano passado foram os "jovens adultos", de 25 a 34 anos. Eles representaram 4.944 milhões do público em 2020.

Na sequência, estão as pessoas com idade entre 35 e 44 anos, sendo 3.520 milhões da audiência total. Depois, aparecem as seguintes faixas etárias, respectivamente: de 45 a 55 anos, de 18 a 24 anos, de 55 a 64 anos e de 65 anos ou mais.

 

Telegram Jaraguá do Sul

×