Manifestação durou cerca de 15 minutos | Foto Divulgação

Manifestação durou cerca de 15 minutos | Foto Divulgação

Um grupo de motoristas interditou agora a pouco a avenida Hermann August Lepper, em frente Prefeitura de Joinville. A ação teve início às 15 horas e faz parte de um ato nacional convocado para parar o Brasil. A atividade é também em apoio a mobilização dos caminhoneiros que desde o início da semana estão paralisados cobrando a redução do preço do óleo diesel, gasolina e álcool.

O buzinaço em frente ao executivo municipal durou cerca de 20 minutos. E reuniu cerca de 40 motoristas de carros e motos. A guarda municipal chegou a ser acionada e esteve no local, mas não foi necessário intervir. Como o trânsito ficou interrompido, há lentidão no trecho.

Greve ainda não afeta Prefeitura de Joinville

O secretário de Comunicação da Prefeitura de Joinville, Marco Aurélio Braga, conversou nesta tarde com a reportagem do OCP Joinville e informou que o prefeito Udo Döhler acompanha a manifestação nacional e, assim como todo o colegiado, está preocupado com o efeito cascata que ela pode causar.

O medo é que a paralisação traga danos principalmente a curto e médio prazo à saúde e educação. O assunto foi debatido na manhã desta quinta-feira (24) por todo colegiado.

“Por enquanto todas as atividades da Prefeitura de Joinville, inclusive referentes a saúde e educação estão funcionando de maneira normal. A Prefeitura vem acompanhando os protestos, mas temos a preocupação de como isto pode refletir na falta de alimentos nas escolas e remédios e produtos à saúde”, comentou.