Após assembleia que ocorreu na manhã desta terça-feira (29) na Praça das Nações Unidas, no Centro de Florianópolis, os motoristas do transporte coletivo decidiram manter 100% da frota em horários de pico. O movimento foi convocada pelo sindicato da categoria, o Sintraturb, na noite de segunda-feira (28).

AO VIVO: acompanhe a paralisação dos caminhoneiros em SC

A medida tomada pela Prefeitura para rodar com horário de sábado durante a semana até que normalize o abastecimento de combustível, prejudicada em função da greve dos caminhoneiros, não agradou os trabalhadores. Os ônibus ficaram superlotados e houve reclamação dos usuários.

Em votação na assembleia, os trabalhadores decidiram que seguem o cronograma estabelecido pela Prefeitura apenas nesta terça-feira (com horário de sábado). A partir de amanhã, quarta-feira (30), a decisão é rodar com 100% da frota em horários previamente estabelecidos.

Confira os horários definidos pela assembleia:

Entre 5h e 8h: circulação com horário normal.
Entre 8h e 12h: linhas paradas.
Entre 12h e 14h: circulação com horário normal.
Entre 14h e 17h: linhas paradas.
Entre 17h e 20h: circulação com horário normal.
A partir de 20h: linhas paradas.

Segundo o sindicato, a intenção da medida é oferecer mais conforto aos usuários e demonstrar apoio ao movimento dos caminhoneiros, uma vez que todo o transporte é prejudicado pela política de preços adotada pela Petrobrás. A reunião com os trabalhadores também teve a intenção de discutir questões da data-base.

A Prefeitura acatou os horários definidos pela assembleia da categoria.

Quer receber as notícias no WhatsApp? Clique aqui