O presidente do Sindicato dos Médicos da Região Sul Catarinense, o Simersul, e secretário jurídico da Federação Médica Brasileira, Dr. Licínio Argeu Alcântara, emitiu nota de pesar acerca da morte do médico pneumologista Dr. Arthur de Souto Goulart, aos 67 anos.

O médico não resistiu às complicações da Covid-19 e faleceu ontem na UTI do Hospital da Unimed, em Criciúma.

“Dr. Arthur foi seguramente um dos médicos mais icônicos da Região Sul de Santa Catarina, atendendo sempre a quem necessitava de forma humana e profissional", diz a nota.

Confira a íntegra

A Associação Catarinense de Medicina (ACM) também emitiu nota de pesar:

“É mais um dos heróis da pandemia do novo coronavírus em Santa Catarina. Deixa um exemplo de vida na medicina e grande saudade aos familiares, amigos e colegas de profissão, a quem a Diretoria da ACM registra sua solidariedade e homenagem.

ACM – Associação Catarinense de Medicina”.