De um tempo pra cá, uma família que vive na rua Minas Gerais, bairro Nova Brasília, zona Oeste de Joinville, tem sido testemunha e vítima da imprudência dos motoristas que vão ou deixam o bairro Morro do Meio. Eles vivem em uma casa que fica numa curva fechada da via. Apenas neste ano, três veículos derrubaram parte do muro da residência, após os motoristas perderem o controle da direção.

O caso mais recente aconteceu na última segunda-feira (24) e foi registrado pelas câmeras da família. As imagens gravadas às 6h30 mostram um automóvel Citroën/C3, de cor vermelha. Ele seguia na direção bairro-centro quando rodou na pista e colidiu contra a viga de sustentação do muro da residência. Após o impacto, o motorista dá ré e sai do local, como se nada tivesse acontecido, deixando para trás o muro quebrado.

“Só neste ano, é a terceira vez que motoristas batem contra nosso muro, após perderem o controle da direção nesta curva. Além do perigo de uma tragédia eminente, muitas vezes temos que ficar no prejuízo, porque os motoristas fogem”, comenta a filha dos donos da residência atingida pelo carro desgovernado, a trabalhadora autônoma Shania Mathies, 31 anos.

Até esta terça-feira (25) a família não tinha conseguido identificar a placa do veículo envolvido no último acidente.

Confiança e excesso de velocidade

Shania coleciona imagens de acidentes naquele trecho. Tem carro capotado, carro que cai em valeta, ao lado da linha férrea, batidas e atropelamentos.

“O problema aqui é o excesso de confiança dos motoristas aliado ao excesso de velocidade”, acredita.

Por isso, ela pede que a instalação de uma lombada física ou eletrônica na via.

“Precisamos de uma lombada ou radar que façam com que os motoristas diminuam a velocidade”, pontua.

Shania, por duas vezes neste ano, já fez o pedido de melhorias à Prefeitura de Joinville e reclama que não foi atendida nem obteve retorno.

“Estamos a 500 metros de uma creche e a 500 metros de uma grande escola. O fluxo de pessoas a pé, de bicicleta é intenso. Não vai demorar para acontecer uma tragédia”, finaliza.

20 ocorrências em 2018 confirma bombeiros

O relato da moradora é condizente com a estatística de acidentes do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville. Os socorristas atenderam de janeiro a 24 de setembro a 20 ocorrências de trânsito no trecho da rua Minas Gerais do bairro Nova Brasília. Para se ter uma ideia do quanto o ponto é crítico, em toda a extensão da via, inclusive com o trecho do bairro Morro do Meio, foram 23 ocorrências neste ano.

Contraponto

A Prefeitura de Joinville, por meio de nota, informou que “no momento não há previsão de instalação de radar ou lombada eletrônica neste trecho. Os motoristas que transitam no local devem respeitar o limite de velocidade da via – 60km/h - para andar com segurança e evitar acidentes”.

Quer receber as notícias no WhatsApp?