O grupo Bem Viver com Alzheimer da Unesc prepara mais um encontro aberto ao público. Nesta edição a ação contará com a temática "Mitos e verdades sobre a doença de Alzheimer". A conversa ocorrerá no sábado (24/09) e será ministrada pela coordenadora do projeto Bem Viver com Alzheimer, Évelin Vicente. O evento iniciará às 10h30 na sala 6 do Bloco XXI-B da Universidade.

Conforme Évelin, o encontro tem o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce, do cuidado ofertado e da necessidade de apoio e suporte aos familiares e cuidadores das pessoas que vivem com a doença.

"Nosso intuito é buscar a melhoria da qualidade de vida dos familiares e dos cuidados, levando informação e capacitação para lidarem melhor com os espectros da doença no dia a dia, além de promover a assistência da pessoa com a doença", comenta a professora.

O projeto Bem Viver com Alzheimer existe desde 2003 na Unesc com a realização de encontros mensais com conteúdos relevantes sobre a doença.

Doença

Estima-se que mais de 1,2 milhão de brasileiros sejam impactados pela doença de Alzheimer, um transtorno neurodegenerativo progressivo e que se manifesta por deterioração cognitiva e da memória, comprometimento progressivo das atividades de vida diária e uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e de alterações comportamentais.

A perda de memória, perda de noção do tempo, problemas na fala, afastamento dos familiares e da vida social podem apontar o início da doença.