O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, esteve em Jaraguá do Sul durante a manhã deste sábado (28). Na ocasião, acompanhado do senador Esperidião Amin (PP), visitou o Hospital e Maternidade Jaraguá e o Hospital São José. Neles, conheceu a infraestrutura e atestou a capacidade de atendimento ao público.

À reportagem, o ministro disse que a principal razão de sua visita foi conhecer Jaraguá do Sul, cidade pela qual nutre admiração, e conhecer as demandas que o município apresenta na área da saúde.

“Primeiro vim conhecer esta maravilhosa cidade, abraçar nossos amigos de Jaraguá do Sul, conhecer os hospitais e verificar quais são as necessidades. Também saber como o governo pode ajudar a aprimorar cada vez mais o sistema de saúde”.

A primeira parada de Queiroga foi no Hospital Jaraguá, onde a avaliação foi positiva.

“Chama a atenção o empenho de toda a sociedade de Jaraguá do Sul, dos médicos, enfermeiros e direção do hospital, que querem aprimorar ainda mais o serviço de atenção especializada para garantir assistência materna e infantil, de maneira adequada, já que é uma maternidade de referência, um hospital amigo da criança, que tem um banco de leite humano que é alinhado aos princípios de administração do Governo Federal”.

Foto: Bruno Gallas

Em relação a melhorias, o ministro deixou clara a vontade de trabalhar em conjunto com a bancada catarinense para captação de recursos. A promessa é de que até 2030 a assistência especializada seja ampliada.

Atualmente, o Hospital Jaraguá passa por um momento delicado, e reclamações frequentes sobre falta de leitos de UTI pediátrica levaram a Câmara de Vereadores a convocar o diretor Sérgio Luís Alves para prestar contas. A reunião ocorre na terça-feira (31).

Hospital São José

O roteiro da manhã terminou no Hospital São José, que também foi elogiado pelo ministro.

“Jaraguá do Sul é uma cidade voltada ao desenvolvimento, à qualidade de vida e isso se reflete na qualidade dos dois hospitais. Visitei mais cedo o Hospital e Maternidade Jaraguá e agora visito o Hospital São José. A qualidade e o compromisso são os mesmos e o hospital merece a atenção dos gestores públicos de saúde, para que possamos prover o direito à saúde como um direito humano fundamental”.

O responsável pela vinda do ministro a Jaraguá do Sul foi o senador Esperidião Amin (PP). Quando indagado sobre a razão da visita, o senador disse que Queiroga “é um exemplo de gestão em saúde que deve ser mais difundido em nosso Estado”.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o senador Esperidião Amin (PP) ao fundo. (Foto: Bruno Gallas)

Cirurgias cardíacas de alta complexidade

Conforme antecipado pela jornalista Áurea Arendartchuk, o deputado estadual Dr. Vicente Caropreso aproveitou a visita para reforçar o apelo para que o Hospital São José seja credenciado para efetuar cirurgias vasculares e cardiovasculares de alta complexidade pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Isso é um desejo de todos e, naturalmente, eu acolho estes pedidos, que devem ser analisados pela área técnica. Mas o hospital tem todas as condições para atender a alta complexidade cardiovascular, também para ampliar os atendimentos oncológicos. Enfim, vamos trabalhar para isso”, disse o ministro.

Foto: Bruno Gallas

Varíola de macaco

Sobre a recente variante de varíola que assusta as autoridades europeias, Queiroga fez questão de tranquilizar a população. Segundo ele, o Ministério da Saúde segue vigilante. Ainda não há casos registrados, mas se houver, o ministro afirmou que serão identificados e que vacinas para grupos específicos poderão ser desenvolvidas.