O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, desembarcará em Santa Catarina nesta sexta-feira (5) parta ver de perto a crise que o sistema de saúde do estado está enfrentando diante do enfrentamento à Covid-19. Ele confirmou agenda em Chapecó e Xanxerê para acompanhar as ações de combate à doença.

A viagem foi acertada nesta terça-feira (2), após encontro com o governador Carlos Moisés da Silva, com parlamentares catarinenses e com o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, em Brasília.

 

 

Nós estamos juntos nessa missão. Vamos para Chapecó, vamos para Xanxerê. Vamos aproximar o apoio e encontrar soluções e vamos ganhar essa guerra", disse o ministro. Pazuello virá acompanhado de equipe do Ministério da Saúde.

Santa Catarina vive um dos piores momentos da pandemia, com 681.391 casos confirmados de Covid-19. Desses, 639.281 são considerados recuperados e 34.586 continuam em acompanhamento, conforme números divulgados pela secretaria de Saúde. O coronavírus causou 7.524 óbitos no estado desde o início da pandemia. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,1%.

Houve um crescimento de 1.071 no número de casos ativos e há 86 óbitos adicionais na comparação com o boletim anterior.

A quantidade de casos confirmados subiu 5.814 e outras 4.657 pessoas passaram a ser consideradas recuperadas, segundo estimativa do Governo do Estado.

Nesta terça-feira, havia 251 pacientes à espera de leitos em UTIs.