Segundo os dados divulgados pelo governo do Estado, até esta terça-feira (13), dos 295 municípios do estado de Santa Catarina, 151 não registraram mortes por Covid-19 em julho. Todas as informações estão disponíveis no Painel do Coronavírus do Estado.

Os municípios que não registraram óbitos nas últimas duas semanas estão distribuídos por todo o estado. Entre aqueles com o número de mortes desde o início da pandemia, mas que não tiveram mortes no mês estão: Urubici (total de 25 óbitos), Santo Amaro da Imperatriz (73) e Joaçaba (70).

Apenas dois municípios não registraram óbitos por Covid-19 desde o início: Flor do Sertão, de 1.588 habitantes segundo o Censo de 2010, no Extremo Oeste, e Novo Horizonte, de 2.750 habitantes, no Oeste de SC.

Pandemia em Santa Catarina

Santa Catarina ainda possui elevado número de casos ativos, são mais de 16 mil casos ativos até esta terça-feira (13), mas a situação em SC apresenta melhora. No último Mapa de Risco divulgado pelo governo do Estado no sábado (10), oito regiões saíram do nível de risco gravíssimo.

Das 16 regiões, metade estão no nível de risco grave, são elas: Alto Uruguai Catarinense, Extremo Oeste, Grande Florianópolis, Meio-Oeste, Oeste, Planalto Norte, Serra Catarinense e Xanxerê.

Além disso, depois de ficar pelo menos 128 dias consecutivos com pacientes esperando na fila por leitos de UTI, o Estado conseguiu zerar a fila nos últimos quatro dias. Porém, nesta terça, Santa Catarina voltou a ter pacientes à espera de leito: um no Meio-Oeste e três no Norte.

12 mil mortes em 2021

Nesta terça-feira, foram confirmadas mais 54 mortes pelo coronavírus. Com isso, Santa Catarina chega a 17.410 vítimas desde o início da pandemia, em março de 2020, sendo que 12.010 ocorreram só este ano. São cerca de 1.715 mortes por mês.

Cidades sem mortes por Covid-19 em julho

Confira abaixo a lita de cidades que não registraram mortes neste mês e o total de vítimas desde o início da pandemia.

  • Abdon Batista: 4 óbitos
  • Agronômica: 13 óbitos
  • Águas de Chapecó: 8 óbitos
  • Águas Frias: 3 óbitos
  • Águas Mornas: 9 óbitos
  • Alfredo Wagner: 7 óbitos
  • Alto Bela Vista: 3 óbitos
  • Anchieta: 9 óbitos
  • Angelina: 2 óbitos
  • Anita Garibaldi: 10 óbitos
  • Anitápolis: 4 óbitos
  • Antônio Carlos: 25 óbitos
  • Arabutã: 8 óbitos
  • Armazém: 30 óbitos
  • Arroio Trinta: 13 óbitos
  • Arvoredo: 4 óbitos
  • Ascurra: 10 óbitos
  • Atalanta: 11 óbitos
  • Aurora: 15 óbitos
  • Balneário Gaivota: 34 óbitos
  • Bandeirante: 4 óbitos
  • Barra Bonita: 1 óbito
  • Bela Vista do Toldo: 3 óbitos
  • Belmonte: 5 óbitos
  • Bocaina do Sul: 3 óbitos
  • Bom Jardim da Serra: 4 óbitos
  • Bom Jesus: 9 óbitos
  • Bom Jesus do Oeste: 6 óbitos
  • Bom Retiro: 18 óbitos
  • Brunópolis: 8 óbitos
  • Campo Alegre: 36 óbitos
  • Campo Belo do Sul: 23 óbitos
  • Canelinha: 16 óbitos
  • Capão Alto: 2 óbitos
  • Catanduvas: 29 óbitos
  • Caxambu do Sul: 10 óbitos
  • Cerro Negro: 4 óbitos
  • Chapadão do Lageado: 3 óbitos
  • Cordilheira Alta: 8 óbitos
  • Coronel Freitas: 25 óbitos
  • Coronel Martins: 3 óbitos
  • Cunha Porã: 25 óbitos
  • Cunhataí: 1 óbito
  • Dona Emma: 4 óbitos
  • Ermo: 5 óbitos
  • Erval Velho: 12 óbitos
  • Flor do Sertão: 0 óbito
  • Formosa do Sul: 6 óbitos
  • Frei Rogério: 8 óbitos
  • Galvão: 8 óbitos
  • Garuva: 30 óbitos
  • Gravatal: 48 óbitos
  • Guaraciaba: 26 óbitos
  • Guatambú: 17 óbitos
  • Ibiam: 4 óbitos
  • Ibicaré: 8 óbitos
  • Imbuia: 9 óbitos
  • Iomerê: 8 óbitos
  • Ipira: 7 óbitos
  • Ipuaçu: 11 óbitos
  • Ipumirim: 9 óbitos
  • Iraceminha: 3 óbitos
  • Irati: 8 óbitos
  • Irineópolis: 13 óbitos
  • Itá: 21 óbitos
  • Itaiópolis: 51 óbitos
  • Itapoá: 66 óbitos
  • Jaborá: 8 óbitos
  • Jardinópolis: 4 óbitos
  • Joaçaba: 69 óbitos
    José Boiteux: 8 óbitos
  • Jupiá: 4 óbitos
  • Lacerdópolis: 4 óbitos
  • Lajeado Grande: 5 óbitos
  • Leoberto Leal: 2 óbitos
  • Lindóia do Sul: 11 óbitos
  • Lontras: 20 óbitos
  • Luiz Alves: 12 óbitos
  • Luzerna: 13 óbitos
  • Major Gercino: 6 óbitos
  • Major Vieira: 4 óbitos
  • Marema: 13 óbitos
  • Massaranduba: 19 óbitos
  • Matos Costa: 2 óbitos
  • Mirim Doce: 4 óbitos
  • Modelo: 11 óbitos
  • Monte Castelo: 22 óbitos
  • Morro Grande: 5 óbitos
  • Nova Erechim: 9 óbitos
  • Nova Itaberaba: 3 óbitos
  • Novo Horizonte: 0 óbito
  • Otacílio Costa: 60 óbitos
  • Ouro: 19 óbitos
  • Paial: 4 óbitos
  • Painel: 5 óbitos
  • Palma Sola: 17 óbitos
  • Pedras Grandes: 22 óbitos
  • Peritiba: 4 óbitos
  • Pinhalzinho: 34 óbitos
  • Pinheiro Preto: 8 óbitos
  • Piratuba: 10 óbitos
  • Planalto Alegre: 9 óbitos
  • Ponte Alta do Norte: 7 óbitos
  • Praia Grande: 16 óbitos
  • Presidente Castello Branco: 4 óbitos
  • Presidente Nereu: 4 óbitos
  • Quilombo: 40 óbitos
  • Rancho Queimado: 2 óbitos
  • Rio das Antas: 11 óbitos
  • Rio do Campo: 8 óbitos
  • Rio do Oeste: 9 óbitos
  • Rio Rufino: 5 óbitos
  • Riqueza: 15 óbitos
  • Romelândia: 8 óbitos
  • Salete: 9 óbitos
  • Salto Veloso: 8 óbitos
  • Sangão: 12 óbitos
  • Santa Helena: 4 óbitos
  • Santa Rosa de Lima: 5 óbitos
  • Santa Rosa do Sul: 24 óbitos
  • Santa Terezinha: 3 óbitos
  • Santa Terezinha do Progresso: 3 óbitos
  • Santiago do Sul: 2 óbitos
  • Santo Amaro da Imperatriz: 73 óbitos
  • São Bernardino: 3 óbitos
  • São Bonifácio: 7 óbitos
  • São Carlos: 19 óbitos
  • São João do Itaperiú: 12 óbitos
  • São João do Oeste: 7 óbitos
  • São João do Sul: 13 óbitos
  • São Ludgero: 35 óbitos
  • São Pedro de Alcântara: 11 óbitos
  • Saudades: 9 óbitos
  • Schroeder: 33 óbitos
  • Seara: 32 óbitos
  • Serra Alta: 5 óbitos
  • Siderópolis: 45 óbitos
  • Sul Brasil: 7 óbitos
  • Taió: 19 óbitos
  • Tangará: 30 óbitos
  • Timbó Grande: 15 óbitos
  • Treviso: 12 óbitos
  • Treze de Maio: 11 óbitos
  • Treze Tílias: 11 óbitos
  • Urubici: 25 óbitos
  • Urupema: 3 óbitos
  • Vargem: 3 óbitos
  • Vargem Bonita: 8 óbitos
  • Vitor Meireles: 3 óbitos
  • Witmarsum: 4 óbitos
  • Xavantina: 5 óbitos